app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5731
Esportes

Marin deve ser ouvido na Su��a

São Paulo, SP - A CPI do Futebol aprovou ontem requerimentos para ouvir os depoimentos do ex-presidente da CBF José Maria Marin, que está preso na Suíça, e do dono da empresa de marketing esportivo Traffic, J. Hawilla, que está em prisão domiciliar nos Es

Por | Edição do dia 05/08/2015 - Matéria atualizada em 05/08/2015 às 00h00

São Paulo, SP - A CPI do Futebol aprovou ontem requerimentos para ouvir os depoimentos do ex-presidente da CBF José Maria Marin, que está preso na Suíça, e do dono da empresa de marketing esportivo Traffic, J. Hawilla, que está em prisão domiciliar nos Estados Unidos. Os requerimentos foram aprovados pelo senador Romário (PSB-RJ), presidente da CPI que tem como objetivo investigar contratos realizados pela CBF. A comissão também solicitou toda a documentação produzida por outras CPIs que investigaram a administração do futebol brasileiro: a CPI da CBF/Nike, da Câmara dos Deputados (2000-2001), e a primeira CPI do Futebol do Senado (2000). Ainda não há data para as viagens, mas Romário informou, por meio de sua assessoria, que não acredita que a Justiça da Suíça ou o Departamento de Justiça dos EUA vão apresentar empecilho para que Marin e Hawilla sejam ouvidos. Primeiro, porém, a CPI pedirá a quebra de sigilos bancários e fiscal e solicitará documentos para ter base para poder interrogar ambos. Viajarão Romário, o relator Romero Jucá (PMDB-RR) e mais um senador a ser definido. Outro requerimento aprovado foi o que pretende ouvir o depoimento dos 27 presidentes de federações estaduais de futebol. Eles serão convidados, a princípio, a ir até Brasília, mas caso seja necessário poderão ser convocados.

Mais matérias
desta edição