app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5729
Esportes

CPI vai pedir quebra de sigilos de Marin

São Paulo, SP – A CPI do Futebol vai votar o pedido da quebra de sigilo fiscal e bancário do ex-presidente da CBF José Maria Marin, preso na Suíça, acusado de receber suborno de empresas de marketing esportivo para fechar acordos comerciais de direitos de

Por | Edição do dia 27/08/2015 - Matéria atualizada em 27/08/2015 às 00h00

São Paulo, SP – A CPI do Futebol vai votar o pedido da quebra de sigilo fiscal e bancário do ex-presidente da CBF José Maria Marin, preso na Suíça, acusado de receber suborno de empresas de marketing esportivo para fechar acordos comerciais de direitos de torneios como a Libertadores e a Copa do Brasil. O pedido é que seja investigado o período de 2012 a maio de 2015, tempo que Marin presidiu a CBF. O requerimento está assinado pelo vice-presidente da CPI, o senador Paulo Bauer (PSDB-SC) – a comissão é presidida pelo senador Romário (PSB-RJ), campeão com a Seleção Brasileira em 1994. Em junho, a Folha de S.Paulo revelou que Marin gastou R$ 15,4 milhões em três imóveis antes de deixar a CBF. Em 2014, ano da Copa do Mundo, o cartola comprou três imóveis no eixo Rio-São Paulo: uma mansão no Jardim Europa, um conjunto na Avenida Paulista e uma cobertura de frente para a Praia da Barra da Tijuca – todos por valores abaixo do mercado. Nos negócios, optou por não pôr os bens no seu nome. Preferiu usar uma de suas empresas, a JMN Empreendimentos e Participações Ltda., para registrar as propriedades.

Mais matérias
desta edição