app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Esportes

Paty, o ‘Messi alagoano’ que impressionou o Real Madrid

Que garoto que sonha em ser jogador de futebol não gostaria de ter a chance de fazer um teste no Real Madrid? Em 2012, um alagoano nascido em São Luís do Quitunde, com 13 anos na época, teve essa oportunidade. Com jogadas de velocidade, dribles diferencia

Por | Edição do dia 06/09/2015 - Matéria atualizada em 06/09/2015 às 00h00

Que garoto que sonha em ser jogador de futebol não gostaria de ter a chance de fazer um teste no Real Madrid? Em 2012, um alagoano nascido em São Luís do Quitunde, com 13 anos na época, teve essa oportunidade. Com jogadas de velocidade, dribles diferenciados e boa finalização, Luiz Henrique dos Santos, o Pety, encantou os treinadores da base do Real Madrid e foi aprovado. Muitas coisas aconteceram na vida do meio-campista, e atualmente ele está recomeçando a carreira no Comercial de Ribeirão Preto-SP. Pety passou por teste de cinco dias nas categorias de base do Real Madrid, no começo de fevereiro de 2012. A princípio, o garoto alagoano viajou para a Espanha com a oportunidade de ser avaliado pelo Real Betis, onde também foi aprovado, mas o clube não teve condições de bancar a mudança da família do garoto para a Europa. “O Betis não tinha condições de levar a minha família e me indicaram para ser avaliado no Real Madrid, onde também passei. Ser aprovado foi um sonho, uma felicidade imensa, uma chance e tanto. Não pude ficar, e voltei para jogar no Cruzeiro, onde tinha também feito avaliação antes de ir para a Europa”, contou Pety. O meia disse que os treinadores do Real pediram para que fosse mandado vídeos dele atuando pelo Cruzeiro e que, quando completasse 18 anos, voltasse para ser avaliado novamente e, se aprovado, continuava no clube espanhol. Entretanto, o jogador perdeu os contatos com o time merengue, porque não está mais com o antigo empresário, que o levou para Madrid. Outro brasileiro que foi aprovado no teste do Real Madrid foi o atual craque da Seleção Brasileira: Neymar. O atacante passou por um estágio de avaliação em 2005, quando tinha apenas 13 anos e já estava no Santos. O estágio foi interrompido pelo time da Vila Belmiro, que evitou a permanência do projeto de craque na Espanha. * Sob supervisão da editoria de Esportes.

Mais matérias
desta edição