app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5714
Esportes

Flamengo tem prova de fogo na Libertadores

Rio de Janeiro - O Flamengo vai ter uma prova de fogo  nesta quarta-feira, no Maracanã, às 21h40, pela Copa Libertadores. Para mostrar que realmente engrenou na temporada, a equipe rubro-negra terá de derrotar um time que segue trajetória bem diferente da

Por | Edição do dia 06/03/2002 - Matéria atualizada em 06/03/2002 às 00h00

Rio de Janeiro - O Flamengo vai ter uma prova de fogo  nesta quarta-feira, no Maracanã, às 21h40, pela Copa Libertadores. Para mostrar que realmente engrenou na temporada, a equipe rubro-negra terá de derrotar um time que segue trajetória bem diferente da sua em 2002: o Olimpia, do Paraguai. Uma vitória deixará o clube rubro-negro na primeira colocação do Grupo 8, ao lado do próprio Olimpia, que lidera a chave com 6 pontos. Porém, a situação do time carioca é um pouco mais complicada do que a do time paraguaio, pois este será seu último jogo em casa. O Flamengo ainda enfrentará Universidad Católica (Chile) e Olimpia em suas cidades nos dias 13 de março e 14 de abril, respectivamente. O clima é de alegria no clube, que começou a reverter a crise ao golear o Once Caldas (Colômbia) por 4x1 no dia 27 de fevereiro, vingando-se assim da derrota de 1x0 que havia sofrido para o mesmo clube em Manizales. Até então, o Flamengo não havia obtido nenhuma vitória em 2002. No domingo passado, também no Maracanã, o time derrotou o Corinthians por 4x3, em uma partida do torneio Rio-São Paulo. Apesar de estar feliz com os dois últimos resultados, o treinador João Carlos disse que o time precisa acertar mais para voltar à boa fase. O técnico não contará com o zagueiro Juan, convocado para o amistoso entre as seleções do Brasil e da Islândia, que será disputado amanhã, em Cuiabá. Já o Olimpia venceu todas as partidas oficiais que disputou neste ano. A última vítima foi o Sportivo Lorenzo que, no domingo, caiu por 2 x 1. Flamengo - Júlio César; Rocha, Fernando, Valnei e Anderson; Leandro Ávila, Carlinhos (Jorginho), Felipe Melo e  Juninho Paulista; Andrezinho e  Leandro Machado. Olimpia – Tavarelli; Isasi, Cáceres, Zelaya e Da Silva; Orteman, Enciso, Franco e Estigarribia (Espinoza); Benítez e  Báez.

Mais matérias
desta edição