app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5718
Esportes

ASA parte para a reabilita��o no Alagoano

Sucursal Arapiraca – Com apenas dois pontos ganhos,  frutos de dois empates (1 a 1 Murici e 3 a  3 Penedense), o ASA parte para a reabilitação no Campeonato  Alagoano, principalmente depois da eliminação na Copa do  Brasil. Porém, terá pela frente,  esta

Por | Edição do dia 10/03/2002 - Matéria atualizada em 10/03/2002 às 00h00

Sucursal Arapiraca – Com apenas dois pontos ganhos,  frutos de dois empates (1 a 1 Murici e 3 a  3 Penedense), o ASA parte para a reabilitação no Campeonato  Alagoano, principalmente depois da eliminação na Copa do  Brasil. Porém, terá pela frente,  esta tarde, no Coaracy da Mata Fonseca, um dos líderes da temporada: o Capela. Nesse momento, a preocupação do treinador Ubirajara Veiga é com o posicionamento dos atletas em campo. “O time carece de um melhor entrosamento”, reconhece. Para o lateral Sandro Mineiro, o time não pode mais perder as oportunidades que surgirem. “Temos de pensar em se classificar logo nesta primeira fase. Isso nos dará a chance de novamente representar Alagoas, ano que vem, na Copa do Brasil e – esperamos – pela primeira vez, no Campeonato do Nordeste”, ressaltou. A ordem na concentração do bicampeão alagoano é esquecer a eliminação na Copa do Brasil e se concentrar na busca do tricampeonato. “Como sempre fizemos, estamos respeitando o adversário, mas o elenco tem por obrigação fazer uma boa apresentação para sua torcida e conquistar um resultado positivo, que é a vitória”, afirmou o supervisor Marcos Lima Verde. Capela Com quatro pontos ganhos no campeonato, o Capela é um dos líderes da competição e parte, neste domingo, para Arapiraca, para enfrentar o ASA, com o objetivo de conseguir mais um resultado positivo, mesmo porque dirigentes e jogadores consideram que a equipe vem desenvolvendo um bom futebol na competição. Na partida com o Corinthians, por exemplo, o Capela saiu na frente do marcador e só levou o gol de empate no finalzinho do segundo tempo, graças a uma falha do goleiro Filho. Mas para o jogo de hoje, o técnico Adeildo Damasceno deve manter a mesma escalação, com Filho; Adriano, Etevaldo, Gildélio e Gérson; Aldo, Moreno, Chiquinho e Fabiano; Alex e Juninho.

Mais matérias
desta edição