app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Esportes

CSA tem recep��o festiva na volta de Fortaleza

A delegação do CSA teve uma recepção calorosa ao desembarque ontem à tarde no Aeroporto Zumbi dos Palmares, depois da grande vitória obtida sobre o Ceará, em Fortaleza, e a conseqüente classificação para as oitavas-de-final da Copa do Brasil. Vai agora

Por | Edição do dia 16/03/2002 - Matéria atualizada em 16/03/2002 às 00h00

A delegação do CSA teve uma recepção calorosa ao desembarque ontem à tarde no Aeroporto Zumbi dos Palmares, depois da grande vitória obtida sobre o Ceará, em Fortaleza, e a conseqüente classificação para as oitavas-de-final da Copa do Brasil. Vai agora fazer dois jogos com o Vasco de Romário e Cia., nos dias 27 e 3 de abril, com o sorteio do local do primeiro, sendo realizado na próxima segunda-feira, na sede da Confederação Brasileira de Futebol, no Rio de Janeiro. A aeronave da Varig chegou com atraso, por volta das 17h5, mas os torcedores, dirigentes e conselheiros que prestigiaram o retorno da delegação não ficaram incomodados com o problema. Estavam no aeroporto representantes da Confraria do Azulão, da Mancha e muitos outros que foram em carros particulares, com muitas faixas, bandeiras e até charanga. Os jogadores ficaram impressionados e surpresos com a recepção no desembarque e todos foram unânimes em afirmar que essa manifestação representa uma prova de muito carinho e de apoio. O presidente em exercício da CBF, José Sebastião Bastos, também marcou presença e aproveitou para parabenizar os dirigentes e jogadores pela grande campanha do time nas duas competições. O técnico Heriberto da Cunha disse que agora é esquecer a Copa do Brasil e pensar no Botafogo, amanhã, no Estádio Rei Pelé. “Os jogadores merecem toda essa festa, mas temos que esquecer a Copa do Brasil e pensar nesse difícil compromisso”, afirmou o técnico, que não quer mudar a equipe, mantendo a base que está invicta este ano. Já o presidente Euclides Mello afirmou que a torcida precisa mostrar a sua força e dar apoio total ao time nessa reta final, quando o objetivo maior é a classificação.

Mais matérias
desta edição