app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Esportes

Judoca prepara-se para ir � luta nos EUA

O judoca alagoano Eduardo Acioly está em treinamento intensivo, visando figurar no grupo de atletas que, em maio, participará do Nova Iorque Open, nos Estados Unidos. Recentemente, ele fez um estágio no Vasco da Gama mas, no momento, o seu principal desaf

Por | Edição do dia 17/03/2002 - Matéria atualizada em 17/03/2002 às 00h00

O judoca alagoano Eduardo Acioly está em treinamento intensivo, visando figurar no grupo de atletas que, em maio, participará do Nova Iorque Open, nos Estados Unidos. Recentemente, ele fez um estágio no Vasco da Gama mas, no momento, o seu principal desafio é conseguir patrocínio para ter melhores condições de lutar nos EUA e perseguir o prêmio de mil dólares, que é o valor a ser dado para o campeão. A perspectiva de Eduardo participar de um certame fora do País começou em outubro do ano passado, quando competiu em Florianópolis e ganhou duas medalhas de bronze. Na oportunidade, superou Flávio Canto, atleta olímpico e que também é campeão mundial de jiu-jitsu. “O técnico do Vasco, Gilcinei, viu a luta, ficou entusiasmado e acabou me convidando para um curto treinamento no Vasco, ocorrido na segunda quinzena de janeiro e a primeira de fevereiro”. Outra árdua missão para Eduardo Acioly é aumentar mais cinco quilos para chegar ao peso de sua nova categoria, a meio-médio: 81kg. Para isso, já conseguiu o apoio do Restaurante Vovô João, que vem fornecendo, diariamente, uma refeição balanceada. “Ainda tenho o apoio da Acqua Ball, da Setures (Secretaria de Estado do Turismo e Esportes) e da Ufal. Mas, não são suficientes para permitir a infra-estrutura para uma competição de alto nível e no Exterior”, assegura. Acioly, faixa preta e categoria sênior, treina fisicamente na Acqua Ball, às terças e quintas, à tarde, sob o comando do professor Alisson Câmara e com o propósito de aumentar a massa muscular. A preparação técnica é no Sagrada Família, às segundas, quartas e sextas-feiras à noite, sob orientação do técnico Anderson Barbosa. Além disso, tem participado dos campeonatos alagoanos como outra alternativa para manter-se em atividade. Com o convite para o Nova Iorque Open, é a primeira vez que aspira a um campeonato mundial, embora já tenha participado de circuito pan-americano e de várias competições nacionais. Aluno do 2o ano de Matemática, na Ufal, se conseguir lutar nos Estados Unidos,  Eduardo Acioly irá representando o Vasco da Gama.

Mais matérias
desta edição