app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5717
Esportes

Rio-SP: Palmeiras defende lideran�a em Jundia�

São Paulo - Evitar a qualquer custo a euforia.  Esta será a principal missão do Palmeiras, que enfrenta neste sábado o Jundiaí, às 16h, no Estádio Jaime Cintra. A partida será válida pela 12ª rodada do Torneio Rio-São Paulo. O motivo de tanta preocupaç

Por | Edição do dia 23/03/2002 - Matéria atualizada em 23/03/2002 às 00h00

São Paulo - Evitar a qualquer custo a euforia.  Esta será a principal missão do Palmeiras, que enfrenta neste sábado o Jundiaí, às 16h, no Estádio Jaime Cintra. A partida será válida pela 12ª rodada do Torneio Rio-São Paulo. O motivo de tanta preocupação é simples. Na quarta-feira, o Verdão enfrentou o então temido São Paulo e derrotou o rival por 4x2. O Tricolor, que havia goleado os últimos sete adversários, acabou superado pelo esquema com três volantes de Wanderley Luxemburgo e principalmente, pela genialidade de Alex, autor de uma verdadeira obra-prima no Morumbi. Para o goleiro Marcos, uma derrota significaria o fim da “lua-de-mel” alviverde. “As pessoas esqueceriam tudo o que fizemos contra o São Paulo e nos cobrariam pelo mau resultado. Futebol é assim mesmo”, frisou. Além disso, os jogadores fazem questão de enaltecer as virtudes do Jundiaí. “Eles venceram o Santos dentro da Vila Belmiro. Não será nada fácil jogar dentro da casa deles”, observou Magrão. Com 26 pontos, o Palmeiras é o líder isolado do Rio-São Paulo. “Enfatizei aos meus jogadores que, caso a gente vença o jogo, estaremos classificados às finais do torneio. Todos estão conscientes”, disse Luxemburgo. “Além disso, o Jundiaí, com 19 pontos (na sexta colocação), entrou na briga”. Luxemburgo afirmou que pretende manter a mesma equipe que iniciou a partida com o São Paulo. O trio de volantes - Claudecir, Magrão e Paulo Assunção - continua prestigiado. No Jundiaí, o atacante Jean Carlo sentiu uma fisgada na coxa e pode desfalcar o time do técnico Giba. “Se quisermos pensar em classificação, temos que vencer o Palmeiras. Sei que será uma partida complicada, mas desta vez temos que nos impor diante do adversário”, avaliou o treinador. Jundiaí - Artur; Maurinho, Thiago, Márcio Santos  e Fábio Vidal; Fábio Gomes,  Léo, Jackson e Marcinho; Jean Carlos (Cléber) e Nenê. Palmeiras - Marcos; Arce, Alexandre, César (Galeano) e Daniel; Magrão, Claudecir, Paulo Assunção e Alex;  Itamar e Christian.

Mais matérias
desta edição