app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Esportes Dirigente descartou atacantes atleticanos e revelou avanço em negociação com meia

CSA: Rafael Tenório diz que ataque está fechado

Presidente azulino conversou com a Gazeta de Alagoas nessa terça-feira (14) e descartou a chegada de Maicon Bolt devido ao alto valor salarial

Por jean nascimento | Edição do dia 15/01/2020 - Matéria atualizada em 14/01/2020 às 19h22

O presidente do CSA, Rafael Tenório, conversou com a Gazeta de Alagoas nessa terça-feira (14) e descartou a chegada de Maicon Bolt devido ao alto valor salarial. “O Bolt é carta fora do baralho, 100%. Foi só especulação, a gente não tinha interesse nele, é muito caro”, disse o mandatário azulino. Por outro lado, o executivo de futebol do clube, Fabiano Melo, confirmou ao Globoesporte.com, também na tarde dessa terça, que ainda existe negociação com Maicon Bolt.

Outro atacante atleticano passou a ser especulado pela imprensa mineira no CSA. Trata-se de Hyuri, que defendeu o Sport na Série B 2019 e foi titular em boa parte da competição. Apesar disso, Rafael também descartou este jogador e adotou o discurso de que o ataque do Azulão está fechado. “Não traremos jogadores (de ataque) agora. Por ora está decidido, conversamos com a comissão técnica e nós já temos quatro atacantes de beirada, a gente vai segurar agora”, afirmou Tenório.

Ainda assim, Fabiano Melo disse que o atacante Bergson também interessa ao clube alagoano e que a direção de futebol maruja está trabalhando para contar com o atacante em seu elenco. “Trabalhando”, disse o executivo.

No atual plantel, o Azulão do Mutange conta com nove atacantes, contando com os quatro citados pelo presidente azulino: Victor Paraíba, Matheus Prado, Bruno José, Rafael Bilú, Rodrigo Pimpão, Jarro Pedroso, Gustavo Schutz e Alecsandro.

Na semana passada, Fabiano Melo, revelou a negociação com um meia de 23 anos. Sobre o assunto, Tenório, apesar de não revelar nome, confirmou que a negociação está por detalhes de ser finalizada. Além disso, disse ainda que o jogador é brasileiro e está no futebol internacional.

"Estamos esperando a documentação de fora do país para finalizar isso aí. Assim que confirmar a gente oficializa, não depende apenas de nós, mas queremos e o jogador também quer vir, falta só o clube liberar”, disse Rafael Tenório.

* Sob supervisão da editoria de Esportes.

Mais matérias
desta edição