app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5716
Esportes

S�o Paulo tenta reabilita��o contra S�o Caetano

São Paulo - Com a obrigação de vencer. É dessa maneira  que o São Paulo enfrenta o São Caetano, neste domingo, às 16h, no Estádio Anacleto Campanella, em partida válida pela 12ª rodada do Torneio Rio-São Paulo. Dois são os motivos para os são-paulinos p

Por | Edição do dia 24/03/2002 - Matéria atualizada em 24/03/2002 às 00h00

São Paulo - Com a obrigação de vencer. É dessa maneira  que o São Paulo enfrenta o São Caetano, neste domingo, às 16h, no Estádio Anacleto Campanella, em partida válida pela 12ª rodada do Torneio Rio-São Paulo. Dois são os motivos para os são-paulinos pensarem desta forma. Além de buscar a reabilitação da derrota para o Palmeiras por 4 x 2, na última quarta-feira, no estádio do Morumbi, o Tricolor Paulista está atrás de mais cinco pontos que, nas contas do elenco, dariam a classificação às semifinais do torneio. Com 23 pontos, o São Paulo ocupa a vice-liderança. Uma derrota contra o São Caetano pode fazer o time do Morumbi despencar na tabela, já que Corinthians (3º, com 21 pontos), Botafogo (4º, com 20) e Vasco (5º, também com 20) jogam neste fim de semana e podem se igualar o Tricolor Paulista. Se a derrota pode complicar o São Paulo, a vitória pode garantir a classificação. Somando mais três pontos, faltariam apenas dois nas contas do técnico Nelsinho Baptista. Na última rodada, o Tricolor Paulista enfrentará o Americano, no Morumbi, um jogo teoricamente tranqüilo. Equipes O técnico Nelsinho Baptista terá dois desfalques para a partida contra o Azulão. A dupla de zaga titular (Émerson e Wilson) cumprirá suspensão automática pelas expulsões no clássico contra o Palmeiras. Em seus lugares, o treinador deve escalar Reginaldo e Jean. Já no São Caetano, o técnico Jair Picerni só tem uma dúvida. O volante Serginho, com uma contusão na coxa, ainda é dúvida. Se não reunir condições de jogo, Messias, que já enfrentou o Corinthians, será mantido na equipe. São Caetano - Sílvio Luiz; Russo, Daniel, Dininho e Rubens Cardozo; Serginho (Messias), Marcos Senna, Adãozinho e  Aílton; Wagner e Brandão. São Paulo - Rogério Ceni; Belletti, Jean, Reginaldo Cachorrão (Júlio Santos) e Gabriel;  Fábio Simplício, Maldonado,  Souza e Kaká; França e Reinaldo.

Mais matérias
desta edição