app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5709
Esportes

Corinthians e Bota querem ficar mais pr�ximos da vaga

São Paulo - Separados por apenas um ponto, Corinthians e  Botafogo prometem disputar um clássico eletrizante no Morumbi. Os alvinegros, que se enfrentarão pela vigésima quinta vez no Torneio Rio-São Paulo, não admitem outro resultado que não seja a vitóri

Por | Edição do dia 24/03/2002 - Matéria atualizada em 24/03/2002 às 00h00

São Paulo - Separados por apenas um ponto, Corinthians e  Botafogo prometem disputar um clássico eletrizante no Morumbi. Os alvinegros, que se enfrentarão pela vigésima quinta vez no Torneio Rio-São Paulo, não admitem outro resultado que não seja a vitória. Uma derrota ou até mesmo um empate, de acordo com os jogadores, pode custar a vaga às finais no interestadual. A partida, válida pela décima segunda rodada da competição, será disputada no Morumbi, neste domingo, às 16 horas. Após vencer o São Caetano na quarta-feira, por 1 x 0, o Timão passou a somar 21 pontos e assumiu a terceira colocação. A equipe do técnico Carlos Alberto Parreira foi beneficiada, ainda, pelo empate entre Botafogo e Vasco, na quinta-feira, por 2 x 2. Com o resultado, o Fogão, com 20 pontos, passou à quarta posição. Atrativo à parte será o duelo entre a melhor defesa do Rio-São Paulo (Corinthians) e o artilheiro da competição (Dodô). Em 11 jogos, os paulistas sofreram 12 gols (estão empatados com o Guarani). Já o artilheiro, ao lado do são-paulino França, balançou as redes 15 vezes. O Corinthians não terá nenhum desfalque para o clássico. Todos os titulares estarão à disposição do treinador. No Fogão, a principal novidade será o retorno de Fabiano, que não enfrentou o Vasco porque estava suspenso. Descontente com o rendimento do atacante Taílson, Abel Braga poderá substituí-lo por Felipe, que tem entrado muito bem no decorrer dos jogos. Ao longo da história, Corinthians e Botafogo se enfrentaram 24 vezes pelo Rio-São Paulo. A vantagem é do Fogão, que venceu 10 jogos, contra sete do Timão. Aconteceram sete empates. Corinthians: Dida; Rogério, Scheidt, Fábio Luciano e Kleber;  Fabrício, Vampeta e Ricardinho;  Deivid, Leandro e Gil. Botafogo: Kleber; Fabiano, Romeu e Valdson; Cicinho, Carlos Alberto, Almir (Carlinhos),  Alexandre e Léo Inácio; Taílson  (Felipe) e Dodô.

Mais matérias
desta edição