app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Esportes Com histórico disputado, CSA e CRB fazem o primeiro duelo de 2020

Com elencos reformulados, CSA e CRB fazem 1º Clássico das Multidões de 2020

Somados, os dois clubes contam apenas com 16 jogadores remanescentes da última temporada

Por Fernanda Medeiros e Jean Nascimento | Edição do dia 08/02/2020 - Matéria atualizada em 08/02/2020 às 06h00

Reformulação. Esta é a palavra para CSA e CRB no primeiro Clássico das Multidões de 2020. As duas equipes chegam para o duelo deste domingo (9), às 18h, no Estádio Rei Pelé, recheadas de caras novas. A partida vale pela 3ª rodada da Copa do Nordeste e será transmitida em Tempo Real pela Gazetaweb.

No Azulão, 11 jogadores permanecem da temporada passada, enquanto no Galo apenas cinco renovaram seus contratos.

Nos times titulares utilizados por Marcelo Cabo e Maurício Barbieri nos últimos jogos, somente quatro atletas em cada equipe são escalados. No time marujo, a dupla de zaga Alan Costa e Luciano Castán, além do lateral esquerdo Rafinha e o volante Jean Kléber são as bolas da vez. Já no lado regatiano, o goleiro Edson Mardden, o zagueiro Ewerton Páscoa, o lateral esquerdo Igor Cariús e o volante Claudinei estão entre os 11 iniciais.

A permanência das peças não retrata exatamente as campanhas dos dois clubes. No Alvirrubro, são duas vitórias, duas derrotas e um empate. Já para o time azulino, o início de 2020 conta com três derrotas e duas vitórias.

Por isso, o Galo chega com moral. Na semana que antecede ao clássico, inclusive, o Regatas conquistou a vaga na 2ª fase da Copa do Brasil, ao vencer o Independente-PA por 3 a 2, na quarta-feira (5), e colocou mais R$ 650 mil no bolso. Já no Mutange, o clima é ruim, pois o CSA acumula as derrotas para o River-PI, por 3 a 1, pelo próprio Nordestão, e a eliminação precoce na Copa do Brasil, ao ser derrotado por 2 a 1 pelo Vitória-ES e deixou escapar a mesma “bolada”.

CRB

No Galo, o desfalque é o zagueiro Xandão, expulso contra o Santa Cruz e cumpre suspensão neste jogo. Assim, Ricardo e Thalisson Kelven disputam a posição. Uma possível escalação é: Edson Mardden; Lucas Mendes, Thalisson Kelven (Ricardo), Páscoa e Igor; Claudinei, Washington, Carlos Jatobá e Rafael Longuine; Erik e Léo Gamalho.

CSA

Apesar da pressão pelos dois resultados negativos, o CSA ganha esperança, pois Barbieri poderá contar com os jogadores que foram regularizados na semana e surgem como opções. Após uma longa disputa judicial com o Paraná, o goleiro Thiago Rodrigues conseguiu a rescisão com a equipe paranaense, assinou em definitivo com o Azulão e nessa sexta (7) apareceu no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF.

Além do arqueiro, o meia Gustavo Hebling e o lateral direito Caio Felipe foram regularizados e ficam à disposição. Desta forma, Barbieri deverá fazer alterações no time que começará o clássico, colocando em campo: Thiago Rodrigues; Caio Felipe, Alan Costa, Luciano Castán e Rafinha (Diego Renan); Richard Franco (Yago), Jean Kleber e Renatinho; Rodrigo Pimpão, Allano e Diego Maurício.

* Sob supervisão da editoria de Esportes.

Mais matérias
desta edição