app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Esportes Direção do Coruripe doou cestas básicas aos seus jogadores que residem em Alagoas

Coruripe doa cestas básicas aos jogadores

Diretoria também pagou segunda parcela das rescisões dos que residem em Alagoas

Por Fernanda Medeiros/Com Ascom Coruripe | Edição do dia 30/06/2020 - Matéria atualizada em 29/06/2020 às 18h28

A crise provocada pela pandemia do novo coronavírus tem afetado vários setores da economia no Brasil e no mundo, impactando diretamente nos empregos. E no futebol não é diferente. Com os campeonatos suspensos, a maioria dos clubes tem dificuldades para manter contratos e, nos considerados menores, como o Coruripe, não tem sido diferente.

O Hulk se desfez de todos os seus jogadores, comissão técnica e pessoal do quadro de apoio. Sem os jogos para divulgar a marca dos patrocinadores, sem renda e cota de transmissão, o clube não pode pagar integralmente a folha e os contratos rescindidos. Para pagar o mês e meio trabalhado e a primeira parte das rescisões, a direção recorreu ao saldo de caixa e à ajuda financeira que a CBF destinou aos clubes da Série D 2020.

E para cumprir com a segunda e última parte dos jogadores residentes em Alagoas, o superintendente do clube, Franciney Joaquim, e o supervisor Herilúcio Ferreira viajaram na última sexta (26), para fazer o pagamento e doar uma cesta básica para cada atleta. A segunda meta é pagar o restante dos compromissos com os atletas residentes em outros estados, até o dia 20 de julho.

“A compreensão do prefeito de Coruripe, Joaquim Beltrão, que vem honrando o pagamento do convênio com o clube, e o Grupo Coringa, que mantém o patrocínio e doou produtos para as cestas básicas, foram fundamentais para honrar tais compromissos”, disse Franciney.

Mais matérias
desta edição