app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Esportes CSA foi surpreendido pelo ASA e acabou derrotado pelo placar de 2 a 0

Na volta do Estadual, CSA perde para o ASA em Arapiraca: 2 A 0

Jardson fez o primeiro gol e Leandro Cearanse ampliou ainda no primeiro tempo para o time alvinegro, no Coaracy da Mata

Por Luiz Caldas | Edição do dia 30/07/2020 - Matéria atualizada em 29/07/2020 às 18h54

Foram mais de quatro meses sem que a bola rolasse pelo Campeonato Alagoano. E na continuação da 6ª rodada, o ASA venceu o CSA, por 2x0, com gols de Jardson e Leandro Cearense, ambos na primeira etapa, nessa quarta-feira (29), no Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca.

Um ponto a ser ressaltado foi a dominância do jogo, que o CSA teve mais tempo com a bola e presença no setor ofensivo, enquanto o ASA se defendeu como pôde e procurou buscar “aquela bola salvadora”, em um contra-ataque rápido como aconteceu no gol de Jardson, aos 10’.

O primeiro lance de perigo da partida foi do CSA, aos 6’, com Diego Renan pela direita, que cruzou para dentro da área do ASA, encontrando Alecsandro, que cabeceou forte, mas no travessão.

O primeiro gol do ASA saiu aos 11 minutos, após boa jogada de Jardson pelo meio-campo, ele arriscou do meio da rua, e contou com uma ajudinha de Thiago Rodrigues, que não chegou a tempo de defender: 1 a 0.

Atrás no placar, o CSA continuou com o ritmo intenso no setor defensivo do ASA, mas a zaga do Fantasma assombrou os atacantes, que não foram eficazes em empatar a partida. Aos 19’, Jackson bateu escanteio e a bola ficou rodando na área do CSA, mas a defesa azulina conseguiu afastar. Jardson levou perigo para o CSA aos 28min, quando recebeu pela esquerda e arriscou de fora da área, mas a bola foi pela linha de fundo.

Aos 32’, foi a vez de o Azulão chegar com perigo, após cobrança de falta de Rafinha, que soltou um foguete do meio da rua, causando perigo ao goleiro Deola, que espalmou, impedindo o gol azulino. Três minutos depois, o ASA foi fatal na sua chegada ao ataque, ampliando o placar com Leandro Cearense, após jogada ensaiada de cobrança de falta. Martony cruzou na cabeça de Leandro: 2 a 0.

E o primeiro tempo foi encerrado aos 49 minutos.

No segundo tempo, logo no minuto inicial, Diego Renan soltou a bomba de longe, mas Deola defendeu mais uma. Na sequência, o CSA arriscou novamente com Nadson, mas não foi efetivo, e a bola foi morrer na linha de fundo.

Com seis minutos, o Azulão chegou na linha de fundo com Diego Renan, cruzando para Yago, que cabeceou para fora. Aos 9’, Nadson cobra escanteio pela direita, a defesa do ASA tirou a redonda da área, mas Leandro Souza assegurou o rebote e mandou de cabeça, mas não foi efetiva.

No ASA, Jardson recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Com um a menos, o ASA se retraiu ainda mais no campo defensivo, esperando o CSA dar o ataque.

Aos 30’, o CSA teve a chance mais clara de gol com Allano, que recebeu livre frente a frente com Deola, mas o jogador azulino se atrapalhou na hora de chutar, e ficou fácil para o goleiro do ASA defender.

Mesmo com vantagem dentro de campo, o CSA não conseguiu trabalhar bem para diminuir o placar. O duelo foi finalizado aos 52 minutos. O CSA tentou de todas as formas, mas não conseguiu e amargou a derrota.

ASA – Deola; Wander, Charles, Martony, Jaquinha; Moreilândia, Eberson, Jardson; Jayme, Leandro Cearense, Maranhão.

CSA – Thiago Rodrigues; Diego Renan, Leandro Souza, Lucas Dias, Rafinha; Márcio Araújo, Richard Franco, Nádson; Rodrigo Pimpão, Rafael Bilu, Alecsandro. No outro jogo da rodada, deu Jaciobá 0x1 CEO.

* Sob supervisão da editoria de Esportes.

Mais matérias
desta edição