app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Esportes Mufarrej disse que é prioridade no clube a busca por soluções na questão salarial

Presidente do Botafogo fala sobre atraso em salários

Após o manifesto divulgado por funcionários do clube pedindo socorro pelos quatro meses de salários atrasados, Nelson Mufarrej se pronunciou

Por Lancenet | Edição do dia 31/07/2020 - Matéria atualizada em 30/07/2020 às 17h04

A situação interna no Botafogo não é das melhoras. Após o manifesto divulgado por funcionários do clube pedindo socorro pelos quatro meses de salários atrasados, Nelson Mufarrej, presidente do Alvinegro, se pronunciou.

O mandatário ressaltou a luta do Glorioso em tentar manter em dia e declarou que o problema do fluxo de caixa realmente preocupa. Por outro lado, ele garantiu que o pagamento de abril será iniciado nesta sexta (31), com dinheiro depositado em juízo junto ao Sindeclubes.

O clube deve 88% dos salários de abril aos funcionários, além dos vencimentos de maio e junho. E julho vence no 5º dia útil de agosto.

“É prioridade no clube a busca por soluções na questão salarial. Não vou me justificar com penhoras, dívidas e dificuldades do mercado publicitário, pois sobre essa realidade todos já estão cientes (...) Prefiro falar com sinceridade que, como presidente, vou seguir me empenhando ao máximo para resolver esse problema (...). Hoje acertamos mais um mês de salários dos atletas, além de algumas imagens atrasadas, e amanhã será depositado em juízo uma quantia oriunda de direitos de transmissão, que será utilizada integralmente para abater mais um mês com funcionários, o de abril, com o apoio do Sindeclubes (...)”, diz trecho da nota de Mufarrej.

Mais matérias
desta edição