app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Esportes

F-1: imprensa alem� critica Pablo Montoya

Berlim – Os seguidos incidentes entre os pilotos Juan Pablo Montoya,  da Williams, e Michael Schumacher,  da Ferrari, causou fúria nos alemães.  O tablóide Bild chegou a partir para a ofensa. “Mais um choque do duelo do ódio de Montoya. Quem vai defender

Por | Edição do dia 03/04/2002 - Matéria atualizada em 03/04/2002 às 00h00

Berlim – Os seguidos incidentes entre os pilotos Juan Pablo Montoya,  da Williams, e Michael Schumacher,  da Ferrari, causou fúria nos alemães.  O tablóide Bild chegou a partir para a ofensa. “Mais um choque do duelo do ódio de Montoya. Quem vai defender Schummy contra esse demente?”, escreveu a publicação. A ofensa foi feita após o GP do Brasil, em que o piloto da Williams tocou no tetracampeão. O colombiano perdeu o bico do carro, e o alemão seguiu sem problemas. “O duelo entre os dois estava apenas duro. Agora se transformou em ódio. O campeão do mundo Michael Schumacher e seu rival Juan Pablo Montoya, um dos pilotos mais desalmados do nosso tempo, estão à beira de uma catástrofe”, publicou o Bild, que vende cerca de quatro milhões por dia. Ferrari O inglês Ross Brawn, diretor-técnico da Ferrari, admitiu após o GP do Brasil que estava apreensivo quanto ao rendimento do F2002 em Interlagos, principalmente depois do incidente entre Schumacher e Montoya. “Não tínhamos idéia de como o carro iria reagir por causa do choque e nem do estrago causado pelo impacto. Nosso maior medo era de que um dos pneus traseiros estivesse danificado”, afirmou. O domingo teria sido perfeito para a Ferrari, não fosse pelos problemas com Rubinho. “Não podemos dizer que Rubens teve azar. O que houve foi uma falha técnica, que será analisada. É uma pena que o tenhamos desapontado.” O abandono em Interlagos foi o terceiro de Rubinho, em três corridas. O brasileiro não completa uma prova em casa há oito anos.

Mais matérias
desta edição