app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Esportes Jogador do Cuiabá, Jean Patrick também relatou momentos tensos no ar, durante voo na quarta-feira (14)

Jogadores do Cuiabá relatam clima tenso em avião

Aeronave tentou pousar no Aeroporto Marechal Rondon, região metropolitana de Cuiabá

Por GLOBOESPORTE.COM | Edição do dia 16/10/2020 - Matéria atualizada em 15/10/2020 às 18h51

Os jogadores do Cuiabá relataram momentos tensos dentro do avião, na tarde de quarta (14), ao tentar pousar no Aeroporto Marechal Rondon, região metropolitana de Cuiabá. A delegação voltava de Campinas, onde havia enfrentado o Guarani na véspera. Chovia muito e o piloto arremeteu duas vezes no meio da tempestade.

“Já passei por algumas turbulências na minha vida como jogador, mas ontem foi diferente. Achei que não voltaria para casa. Arremetemos duas vezes no meio da tempestade. Eu ficava vendo foto com meu filho no meu celular e só pedia para voltar para casa. Ele acordou hoje cedo e já pediu para jogar bola comigo. Como é bom estar com minha família”, relatou.

O atacante Maxwell também relatou o que passou antes do pouso com tranquilidade em Goiânia e depois em Cuiabá.

“Pegamos uma turbulência que eu nunca tinha pego na vida.Todo mundo chorando, orando e gritando dentro do avião. Estava chovendo muito em Cuiabá na hora que fomos pousar, coisa de louco, piloto tentou pousar duas vezes e não conseguiu. Tiveram que mudar rota e fomos para Goiânia para reabastecer que estava ficando sem gasolina. Nunca passei tão mal e fiquei com tanto medo na minha vida”, disse.

O voo foi realizado pela Gol Linhas Aéreas, que divulgou em nota: “A GOL informa que, por conta das condições meteorológicas adversas em Cuiabá, o voo G3 1132 (Guarulhos - Cuiabá) precisou alternar para o Aeroporto de Goiânia, pousando em segurança às 17h56. A companhia ressalta ainda que, após a melhora no clima, todos os clientes seguiram viagem e já desembarcaram em seu destino”.

Mais matérias
desta edição