app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5691
Esportes

Federa��o contabiliza vit�rias atingidas pelo jud� alagoano

A Federação Alagoana de Judô homenageou os melhores de 2003 com uma festa que reuniu 150 atletas, além de seus familiares. No balanço feito, uma das temporadas mais positivas, pois até medalhas internacionais foram conquistadas. A atleta Ingrid Madiany (G

Por | Edição do dia 04/01/2004 - Matéria atualizada em 04/01/2004 às 00h00

A Federação Alagoana de Judô homenageou os melhores de 2003 com uma festa que reuniu 150 atletas, além de seus familiares. No balanço feito, uma das temporadas mais positivas, pois até medalhas internacionais foram conquistadas. A atleta Ingrid Madiany (Grupo João Lyra/Autogás) conquistou medalha de prata no Sul-Americano de Buenos Aires. Foi ainda prata no Brasileiro Júnior, em Fortaleza; e campeã no Brasileiro Regional III. Weydner Wellison (Ibesa/Batista) foi ouro no Circuito Pan-Americano, no México. Foi também campeão no Brasileiro Regional III e bronze no Íbero-Americano, em Salvador. Eduardo Acioli (Ufal/Cinal/Fundepes/Formafit/Forma) e Ediglydson da Silva foram ouro no Brasileiro Regional III, ao passo queAdília Pacheco (Cimpor) foi bronze no Brasileiro Pré-Juvenil. Mais conquistas Ainda a ressaltar as oito medalhas conquistadas na Copa Internacional de Brasília, as 25 medalhas na Copa Internacional Cidade de Fortaleza, 22 medalhas na Copa Natal e oito no Campeonato Nacional Feminino do Sesc, em Salvador. “Foram tantas as conquistas, que só deu para fazer uma amostragem de algumas das principais conquistas dos nossos atletas no ano passado. Tudo isso é fruto de um trabalho sério, feito por este grupo e reconhecido pela sociedade que confia em nos entregar seus filhos para a prática do judô”, ressalta o presidente da Faju, Ismar Nascimento. Na festa dos melhores de 2003, o Colégio Batista foi apontado como a melhor instituição. Já, a relação dos atletas é a seguinte: pré-juvenil - Adília Pacheco e João Paulo (Aliança); juvenil - Elayne Silva e Deive da Silva, ambos do Batista; Júnior - Ingrid Madiany e Ricardo Diogo (Aliança); sênior - Shirley Cruz (Record) e Weydner Wellison; melhor árbitro - Aylan Santos; melhor técnico - Júlio Edgardo (Batista/Cristo Rei).

Mais matérias
desta edição