app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Esportes

Chamusca tenta corrigir erros e vai mudar o time

O novo técnico do CRB, Marcelo Chamusca, viu a derrota do CRB para o Coruripe, sábado à tarde, e detectou vários erros desde a defesa até o ataque. Sua tentativa é melhorar a equipe para o jogo de amanhã, no Rei Pelé, contra o Flamengo-RJ, pela Copa do Br

Por | Edição do dia 03/02/2004 - Matéria atualizada em 03/02/2004 às 00h00

O novo técnico do CRB, Marcelo Chamusca, viu a derrota do CRB para o Coruripe, sábado à tarde, e detectou vários erros desde a defesa até o ataque. Sua tentativa é melhorar a equipe para o jogo de amanhã, no Rei Pelé, contra o Flamengo-RJ, pela Copa do Brasil, visando evitar, principalmente, a eliminação precoce, ou seja, derrota igual ou superior a dois gols. “A equipe errou demais contra o Coruripe e se não melhorar vai fracassar também diante do Flamengo”, alertou. Primeira providência, segundo o treinador, é acertar a marcação, porque o Flamengo tem muito mais qualidade, além de estar motivado e empolgado por ganhar o clássico carioca contra o Fluminense. Chamusca deixou entender que deve colocar um jogador exclusivamente no encalço do meia Felipe, criador das jogadas do Rubro-Negro. O CRB continuará sem contar com o meia Luciano Araújo, que não jogou diante do Coruripe, em vista de problema de regularização. O atacante Zé Carlos também está fora, pois não foi inscrito a tempo para a Copa do Brasil. Ontem, o treinador já começou a pensar na formação da equipe, mas deixou a confirmação para hoje, no treino final. Apesar de não querer falar da atuação individual dos jogadores no jogo de sábado, Marcelo Chamusca viu erros na defesa, como por exemplo, a falta de força do lateral Paulo César e a lentidão do zagueiro de área Ricardo Henrique. No meio-campo, falha de marcação e pouca criatividade. No ataque, a finalização foi o ponto fraco. Com relação a possíveis mudanças, Chamusca comentou que vai alterar o mínimo possível. No meio-campo, a entrada de Gilberto Gaúcho é provável, com a saída de um dos volantes, talvez Gaspar. Com a saída de Zé Carlos do ataque, o segundo homem de frente para jogar ao lado de Marcinho deve ser Leandrinho ou Wanderley. (JJ)

Mais matérias
desta edição