app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Esportes Brasil se ofereceu para receber Sul-Americano de Atletismo em maio, após desistência da Argentina

Atletismo: Brasil quer sediar Sul-Americano

Evento estava marcado para Buenos Aires, mas as autoridades sanitárias argentinas vetaram a realização por conta da Covid-19

Por Agência Brasil | Edição do dia 28/04/2021 - Matéria atualizada em 28/04/2021 às 04h00

A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) informou nessa terça-feira (27) que manifestou interesse à Atletismo Sudamericano, federação continental da modalidade, de receber o Campeonato Sul-Americano Adulto. O evento estava marcado para Buenos Aires (Argentina), entre os dias 14 e 16 de maio, mas as autoridades sanitárias argentinas vetaram a realização por conta do recrudescimento da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) no país.

A competição vale pontos no ranking da World Athletics, federação internacional de atletismo, e é uma das formas de classificação à Olimpíada de Tóquio (Japão). O evento sul-americano também assegura o campeão de cada prova no Mundial da modalidade do ano que vem, marcado para Oregon (Estados Unidos).

Segundo nota da CBAt, o contato com a entidade sul-americana foi feito na noite de segunda (26), após a Confederação Argentina de Atletismo (Cada) anunciar a desistência de receber o evento. A instituição do país argumentou que a "tendência é de um quadro mais grave [da pandemia]" em um futuro próximo, "o que torna impossível o adiamento por breve prazo".

"Nós demonstramos o interesse em receber o evento, mas precisamos encontrar um local que aceite sediar, em virtude das restrições sanitárias", explicou o presidente do Conselho de Administração da CBAt, Wlamir Motta Campos, no comunicado da entidade responsável pelo atletismo nacional.

Mais matérias
desta edição