app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Esportes Maceió, 29 de maio de 2021
Lance do jogo entre CRB e Remo, partida válida pela 1ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, realizada no Estádio Rei Pelé em Maceió, Alagoas - Brasil.
Foto: Ailton Cruz

CRB tem melhor ataque e pior defesa entre times da Série B

Técnico Allan Aal tem missão de solucionar o problema defensivo e estabelecer o equilíbrio no time

Por Raphael Silva e Daniel de Oliveira | Edição do dia 17/06/2021 - Matéria atualizada em 17/06/2021 às 04h00

Em quatro jogos nesta Série B, o CRB soma duas vitórias, um empate e uma derrota. No entanto, esses números não são os únicos que chamam a atenção na campanha regatiana. Até o momento, a equipe marcou nove gols, sofreu outros oito e se encontra em uma situação intrigante: é o dono do melhor ataque e da pior defesa entre os clubes que disputam a Segundona.

Curiosamente, nenhum clube chegou à marca de nove gols marcados. Os mais próximos são Guarani e Náutico (com oito e sete gols, respectivamente).

Por outro lado, o sucesso não é visto no setor de retaguarda. O CRB tem, ao lado do Cruzeiro, a pior defesa de 2021. O time sofreu oito gols em quatro jogos, mesmo número do clube mineiro, penúltimo colocado na tabela da competição.

As estatísticas ilustram a dualidade vivida pela equipe de Allan Aal neste início de campeonato: de um lado, o forte poderio ofensivo; do outro, a fragilidade na defesa.

SAÍDAS E REFORÇOS

Ao final da temporada 2020, o CRB perdeu os zagueiros Xandão, Reginaldo Júnior e Thalisson Kelven. Para a posição, o time contratou Diego Ivo, Matheus Stockl e Caetano. O clube ainda investiu na contratação de Celsinho, velho conhecido da torcida do rival, CSA.

Outra saída importante para o sistema defensivo do Galo foi a do lateral esquerdo Igor Cariús, que trocou o clube alagoano pelo Atlético-GO, em janeiro. Para a vaga, a diretoria alvirrubra trouxe Guilherme Romão, contudo, o jogador tem sido duramente criticado por boa parte dos torcedores regatianos, em razão de deixar uma verdadeira avenida em campo.

No atual sistema defensivo do Galo, Gum e Frazan são jogadores com presença constante – no caso do capitão, ele é titular absoluto da posição, desde o ano de sua contratação, em 2020.

REGULARIZADO

O Galo pode ter mais uma nova peça no jogo contra o Vasco, no sábado (18), pela 5ª rodada da Série B, às 16h30, em São Januário. O experiente Renan Bressan, anunciado na semana passada, teve seu nome publicado no BID da CBF, nessa quarta (16), e está apto para estrear pela equipe.

Assim, o time ganha mais uma opção para a armação no seu próximo compromisso pela Série B. Bressan é meio-campista e pode ser uma alternativa a Diego Torres. Além da função de camisa 10, o próprio jogador afirmou que pode atuar, mais recuado, como segundo volante, auxiliando na saída de bola.

* Sob supervisão da editoria de Esportes.

Mais matérias
desta edição