app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5691
Esportes

Capela tem novo treinador

Natal Boroni não é mais o treinador do Capela e quem assume o comando técnico da equipe, a partir deste domingo, é o preparador físico Jaini Bispo. A diretoria bem que tentou a permanência de Boroni, mas ele resolveu pedir demissão, por se sentir insatisf

Por | Edição do dia 04/04/2004 - Matéria atualizada em 04/04/2004 às 00h00

Natal Boroni não é mais o treinador do Capela e quem assume o comando técnico da equipe, a partir deste domingo, é o preparador físico Jaini Bispo. A diretoria bem que tentou a permanência de Boroni, mas ele resolveu pedir demissão, por se sentir insatisfeito com a atual situação em que vive o time. Sem conseguir marcar nenhum ponto neste segundo turno, o Capela vive um dos piores momentos de sua história. Com Boroni no comando, foram quatro partidas e quatro derrotas seguidas. Inclusive, o ex-treinador chegou a demonstrar a sua insatisfação, declarando que o jogador que não quisesse jogar pedisse para sair do clube. “Lamentamos a saída dele, mas ele não quis mais continuar”, salientou o presidente Horácio Melo, que se reuniu com o grupo e pediu mais empenho em conseguir as vitórias necessárias. “Temos três jogos e precisamos vencer todos. Temos que fazer a nossa parte, começando neste domingo”, completou. Para o jogo de hoje, contra o  Coruripe, considerado de vida ou  morte para as pretensões do time  em não ser rebaixado para a 2a Divisão, o técnico Jaini Bispo poderá  contar com o elenco completo, já  que terá à disposição os jogadores  Etevaldo, Everaldo e Luciano. Desses, apenas o primeiro é titular e já está escalado. Os outros dois ficam no banco de reservas. A escalação deve ser Hudson; Robson, Etevaldo, Pereira e Everildo; Aldo, China, Luciano Paraíba e Júlio; Timba e Gerônimo. Coruripe Com sete pontos ganhos, o Coruripe enfrenta o Capela também com o objetivo de vencer, para chegar aos dez pontos e, assim, ficar próximo dos líderes da competição: ASA e CRB. A cautela, no entanto, será redobrada, já que o Capela necessita, mais do que nunca, de um resultado positivo. O treinador Paulo Roberto Ghilardi ainda não escalou o time, o que deve fazer apenas momentos antes do jogo. Isso, porque tem  quatro jogadores machucados  (Jânio, Da Silva, Eudes e Sóstenes), um suspenso com o 5o cartão amarelo (Elvis) e três que já  estavam afastados, fazendo fisioterapia (Wellington, Lino e Fuscão). (FM)

Mais matérias
desta edição