app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Esportes Atual presidente, Rafael Tenório, não disputará próximo pleito e apoia seu vice-presidente: Omar Coelho

Rafael Tenório diz que não recebeu convite da oposição

Mandatário do CSA foi singelo em suas palavras, mas negou qualquer tipo de contato por parte dos concorrentes

Por Fernanda Medeiros e Guilherme Magalhães | Edição do dia 11/09/2021 - Matéria atualizada em 10/09/2021 às 15h27

Faltando pouco menos de três meses para as eleições do CSA, o clima eleitoral começa a ferver no clube do Mutange. Atual presidente do clube, Rafael Tenório não poderá concorrer e já declarou apoio ao seu vice-presidente, Omar Coelho. Entretanto, após a oposição encabeçada por Marcelo Brabo e o empresário Álvaro Mendonça convidar o atual presidente e seu candidato para uma união, o clima ficou duvidoso.

A Gazeta de Alagoas entrou em contato com o atual presidente azulino para comentar sobre o assunto. O mandatário foi singelo em suas palavras, mas negou qualquer tipo de contato por parte da oposição, em especial, de Álvaro Mendonça, que é dono da rede lojas Carajás e patrocina o clube.

"Eu não tive nenhum contato com o Álvaro nos últimos dias. Acho que têm uns 60 dias que tive um contato com ele", nos contou Rafael.

Apesar de negar que tenha recebido o convite, Tenório rasgou elogios para Álvaro, o que chamou de "muito responsável" e "muito visionário". O atual presidente azulino pareceu enxergar com bons olhos uma possível parceria entre as chapas.

"Tomei conhecimento de que ele pretende se candidatar, que seria muito positivo pro CSA, haja vista que ele é uma pessoa extremamente competente, um empresário bem conceituado, uma pessoa muito responsável, muito visionário", disse.

Tenório enfatizou que não pode responder por Omar Coelho, presidente da chapa que se candidatará em seu lugar, porém, acredita que seria uma boa opção.

"Realmente não recebi esse convite e também não posso falar pelo Omar. Não foi feito o convite, mas é uma boa opção", concluiu.

A polêmica veio à tona, após o próprio Álvaro dar uma entrevista ao Globo Esporte, e confirmar que seria candidato à presidência do Conselho Deliberativo do Azulão. O empresário disse que fez questão de convidar tanto o atual presidente, Rafael Tenório, como também Omar Coelho e o ex-diretor azulino Raimundo Tavares. O atual mandatário também foi elogiado pelo empresário.

Uma das ideias da nova chapa, é o prosseguimento das obras para construir um Centro de Treinamento para o Azulão. Marcelo Brabo, pré-candidato à presidência executiva, falou com a Gazeta de Alagoas, onde também falou bem sobre a atual gestão.

Tenório ainda pode ser presidente do CSA por pelo menos mais um ano, caso o Conselho do clube acate seu pedido de prorrogação de mandato até 2022. Caso não aconteça, as eleições estão previstas para a primeira quinzena de dezembro. Se não acontecer a parceria, a tendência é que Omar Coelho, atual vice-presidente geral, enfrente apenas Marcelo Brabo no próximo pleito. Rafael Tenório está na presidência do CSA desde 2015.

* Sob supervisão da editoria de Esportes.

Mais matérias
desta edição