app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Esportes Dupla de zaga em 2021, Lucão e Matheus Felipe (à direita) deixaram o Azulão do Mutange

Sete titulares da reta final da Série B já deixaram o CSA

Time que quase conquistou o acesso para a Série A de 2022 sofre com saída de jogadores para as três principais divisões do Brasil

Por Guilherme Magalhães | Edição do dia 13/01/2022 - Matéria atualizada em 12/01/2022 às 16h52

Na última terça-feira (11), a torcida do CSA foi pega de surpresa, quando o zagueiro Lucão, capitão azulino em 2021, foi anunciado como reforço do Mirassol, clube que disputa a Série C do Brasileiro. O jogador, extremamente importante no último ano, se juntou a uma lista contestada de atletas titulares que deixaram o Azulão para novas experiências.

Inclusive, comparando com a escalação titular da 38ª rodada da Série B, contra o Brasil de Pelotas, sete jogadores titulares já deixaram o clube. E não é para menos, já que, na campanha da Segundona de 2021, o Azulão terminou na 5ª posição, com incríveis 62 pontos. A grande campanha despertou os olhares dos mais diversos mercados. Os sete atletas titulares daquele jogo que deixaram a equipe foram: Thiago Rodrigues, Éverton Silva, Lucão, Matheus Felipe, Yuri, Iury Castilho e Dellatorre.

Quem mais recebeu jogadores do CSA foi a Série A do Brasil. Ao todo, três dos sete atletas fecharam com clubes da Primeira Divisão. Matheus Felipe foi o primeiro da fila, quando, no final de 2021, acertou com o Athletico-PR. Já Iury Castilho e Dellatorre fecharam com seus novos clubes um pouco depois. Iury foi para o Ceará, enquanto Dellatorre fechou com o Atlético-GO.

Já na Série B haverá reencontros entre esses jogadores e o time marujo. Thiago Rodrigues e Yuri jogarão a mesma divisão, apenas trocaram de clube. Coincidência ou não, o goleiro e o volante foram para o Vasco. Yuri, que assumidamente é torcedor do clube carioca, foi o primeiro anunciado.

Mas a lista não acaba por aí. O anúncio de Lucão no Mirassol não é o único caso de ex-azulino que deve disputar a Série C de 2022. Além do zagueiro, o lateral direito Éverton Silva foi contratado pelo Confiança, sendo um dos primeiros a deixar o CSA, após a temporada.

Com a barca de saída, a diretoria azulina se moveu rapidamente no mercado para repor essas saídas. Para o lugar de Éverton Silva, por exemplo, foi trazido Diego Renan, que conquistou o acesso para a Série A de 2022, com a camisa do Avaí. Já para a vaga de centroavante, Dalberto desponta como provável titular.

A zaga e o gol foram os setores mais recheados de reforços pela diretoria. Ao todo, três goleiros foram contratados, mas o nome do experiente Marcelo Carné tem vantagem sobre os de Jean e Gabriel. Na defesa, o principal nome foi Werley, mas Denílson, Marcel e Douglas podem brigar forte por uma vaga.

Para volantes, apenas dois nomes foram contratados até o momento: Bruno Paulista e Luiz Henrique. Contudo, Gabriel Tonini e Giva Santos, que permaneceram, podem ser usados na função. Na ponta, onde Iury Castilho atuava, Felipe Augusto aparece como opção, já que joga dos dois lados. Cleyton, que também permaneceu, pode ter uma pequena vantagem na disputa.

* Sob supervisão da editoria de Esportes.

Mais matérias
desta edição