app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Esportes Em confronto recheado de grandes oportunidades, CSA vacilou e empatou com o Imortal

CSA cede igualdade ao Grêmio no 2º tempo e dorme fora do Z4: 1x1

Azulão marca com Geovane e domina boa parte do primeiro tempo, contudo, sofre gol de empate logo aos 46 segundos da etapa final

Por Guilherme Magalhães | Edição do dia 24/06/2022 - Matéria atualizada em 24/06/2022 às 00h09

Na noite dessa quinta-feira (23), o CSA recebeu o Grêmio no Estádio Rei Pelé. Apesar de não ser o favorito, a equipe azulina fez um grande confronto, onde dominou boa parte dele. Porém, não se segurou na defesa e saiu com um frustrante empate por 1 a 1, na 14ª rodada da Série B do Brasileiro. Geovane marcou para o clube marujo e Janderson arrancou o empate tricolor.

Com o resultado, o CSA ganhou duas posições na tabela e dorme em 14º lugar, com 15 pontos. Entretanto, precisa secar Náutico, Novorizontino e Guarani na rodada, para terminar rodada fora da zona do rebaixamento. O Tricolor dos Pampas também precisa secar. Os gaúchos terminam o dia ainda em 4º, com 22 pontos e torcem para um tropeço do Sport contra o Brusque.

O tempo de preparação para a próxima partida não vai facilitar a vida do técnico Alberto Valentim. O Azulão já viaja para São Luís, no Maranhão, onde nesta segunda-feira (27), às 20 horas, encara o Sampaio Corrêa, no Estádio Castelão. O Imortal jogará um dia depois, mas dentro de casa. Nesta terça (28), às 19 horas, o Grêmio recebe o Londrina, pela 15ª rodada.

RESUMÃO

Aparentemente nervoso, o Grêmio passou a errar muitos passes. Gabriel, do lado azulino, fez o que quis. Os donos da casa eram visivelmente melhores. 

Com 8min, Lourenço teve uma chance de ouro. Dentro da área, conseguiu cortar bem, mas finalizou fraco e facilitou para Gabriel Chapecó. O goleiro, porém, aos 11 minutos, falhou feio. Ele recebeu o recuo de Geromel na área, mas não se livrou da bola. Osvaldo chegou na disputa e quase marcou. A bola foi para escanteio.

Na cobrança, Osvaldo encontrou Geovane. O camisa 5 subiu mais que todo mundo e acertou um foguete de cabeça: 1 a 0 para o CSA.

Com a desvantagem, o Tricolor despertou.  Mesmo com as boas chances, quem ficou mais perto de marcar foi o Azulão, mas Gabriel Chapecó se garantiu na defesa.

Na volta do intervalo, apenas o Grêmio mudou. E foi justamente o time gaúcho quem fez o primeiro ataque.

Biel subiu como um ponta. O jovem atacante cruzou rasteiro na área. Na tentativa de cortar, Lucão fez a bola passar por cima do goleiro Marcelo Carné, Janderson só teve o trabalho de empurrar para o gol e colocar o 1 a 1 no placar, aos 46 segundos.

Com o empate decretado, o duelo tornou-se muito equilibrado. Com 18 minutos, Diego Souza apareceu finalizando da entrada área, contudo, Carné fez uma bela defesa.

Lucas Barcelos teve duas chances. A primeira, foi aos 38. Lucas tentou de cavadinha e a bola explodiu no travessão. Na sequência, ele apareceu sozinho para finalizar, aos 39, mas Gabriel fez uma defesa espetacular.

Após um grande jogo, a arbitragem indicou quatro minutos de acréscimos, insuficientes para mudar o placar definitivo. Final: CSA 1x1 Grêmio.

* Sob supervisão da editoria de Esportes.

* Sob supervisão da editoria de Esportes.

Mais matérias
desta edição