app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Esportes Jogando no Trapichão, ainda no primeiro turno, Azulão e Esquadrão empataram por 1 a 1

EM LADOS OPOSTOS DA TABELA, CSA ENFRENTA O BAHIA NA FONTE NOVA

Pela Série B, Azulão do Mutange entra em campo, neste sábado, às 16h30, completamente desesperado para sair da zona da degola

Por Guilherme Magalhães | Edição do dia 06/08/2022 - Matéria atualizada em 05/08/2022 às 18h20

Neste sábado (6), às 16h30, o CSA tenta dar mais um passo para escapar da zona do rebaixamento da Série B. O time marujo entra em campo, na Arena Fonte Nova, em Salvador-BA, para encarar o Bahia, pela 22ª rodada da Segundona. O duelo contrasta equipes em fases totalmente diferentes. Enquanto o Tricolor está no G4, sonhando com o acesso, o Azulão está no Z4, brigando contra a queda.

A crise dentro do CSA não poderia estar pior. Na semana passada, em pleno Estádio Rei Pelé, a equipe treinada por Alberto Valentim perdeu para o Ituano, por 3 a 1. O resultado afundou de vez o clube, que está, atualmente, na 17ª posição, com apenas 20 pontos.

Já o Bahia vive um momento totalmente disperso do adversário de logo mais. O Esquadrão de Aço está no G4 da Série B, com incríveis 37 pontos. A situação é ainda mais confortável quando se ressalta que o quinto colocado tem 32 pontos.

CSA

A crise está tão forte que o plantel precisou deixar Maceió para treinar em Pernambuco, no CT do Retrô, com a ideia de respirar novos ares.

O técnico Alberto Valentim teve um pouco mais de paciência. O lateral direito Igor não joga, por estar suspenso. Também lateral direito, Jonathan ainda não deve fazer sua estreia, pois vem melhorando sua condição física. Por isso, é provável que Éverton Silva ganhe oportunidade.

Outra dúvida é o atacante Lucas Barcelos. Por isso, é provável que Rogério possa ganhar sua primeira oportunidade como titular. Élton e Rodrigo Rodrigues brigam por uma vaga como centroavante.

Valentim terá o retorno do zagueiro Wellington, que volta de suspensão. Fora isso, a prioridade deve ser a defesa. O treinador azulino deve armar a equipe com: Marcelo Carné; Édson Silva, Wellington (Werley), Lucão e Diego Renan; Geovane, Canteros, Gabriel e Lourenço (Rogério ou Mercado); Osvaldo e Rodrigo Rodrigues (Élton).

BAHIA

Para encarar o CSA, o técnico Enderson Moreira não deve mudar muito. O Tricolor tem o terceiro melhor ataque da Série B, com 24 gols, porém, mesmo assim, ainda busca o trio de ataque ideal.

É provável que Raí, Rodallega e Vitor Jacaré joguem juntos. Porém, no lugar dos pontas, Copete e Davó podem brigar por uma vaga.

O técnico ainda tem desfalques importantes, todos por algum tipo de problema físico. Marco Antônio, Patrick de Lucca, Danilo Fernandes e Gabriel Noga estão fora da relação. Duas boas novidades foram as regularizações do meia Ricardo Goulart e do lateral Marcinho. Contudo, eles devem começar na reserva.

A escalação não tem muitos mistérios, assim o Esquadrão de Aço deve buscar o triunfo com: Mateus Claus; André, Ignácio, Luiz Otávio e Matheus Bahia; Emerson Santos (Rezende), Lucas Mugni e Daniel; Raí (Davó) e Vitor Jacaré (Copete) e Rodallega.

* Sob supervisão da editoria de Esportes.

Mais matérias
desta edição