app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5714
Esportes

Atl�tico enfrenta Brasiliense no Mineir�o e tenta afastar zebra

Belo Horizonte - Às voltas com problemas de contusão de titulares importantes, como os atacantes Marques e Kim e o meia Rodrigo, o Atlético-MG enfrenta o Brasiliense, hoje, às 21h45, no Mineirão, preocupado em espantar a zebra. O Galo quer evitar o que ac

Por | Edição do dia 24/04/2002 - Matéria atualizada em 24/04/2002 às 00h00

Belo Horizonte - Às voltas com problemas de contusão de titulares importantes, como os atacantes Marques e Kim e o meia Rodrigo, o Atlético-MG enfrenta o Brasiliense, hoje, às 21h45, no Mineirão, preocupado em espantar a zebra. O Galo quer evitar o que aconteceu com o Fluminense, nas quartas-de-final da Copa do Brasil, quando passou de favorito a eliminado, com duas derrotas para a equipe do Distrito Federal. O time visitante, por sua vez, quer tirar outro grande do páreo. As duas equipes buscam mais do que a vaga na final da competição nacional, contra o vencedor do confronto entre os paulistas Corinthians e São Paulo. O principal objetivo é chegar à Libertadores de 2003. Será a primeira vez que o Atlético-MG enfrentará o Brasiliense, equipe pertencente ao senador cassado Luiz Estêvão e que tem apenas um ano e oito meses de existência. Hospital Envolvido em duas semifinais simultâneas - Copa do Brasil e Sul-Minas, contra o rival Cruzeiro -, o Atlético-MG transformou a sua concentração em um verdadeiro hospital, para tentar recuperar os contundidos. Marques, Rodrigo e Kim, que estão em tratamento intensivo desde domingo, após o empate com o Cruzeiro por 1 x 1, só saberão momentos antes da partida com o Brasiliense, se estarão em campo. Por outro lado, o volante Djair, que cumpriu suspensão pela Sul-Minas e vinha sentindo a coxa direita, tem retorno garantido. No Brasiliense, o técnico Péricles Chamusca poderá contar com força total, para tentar repetir o feito inédito de chegar à final de uma competição de primeira linha. Atlético-MG: Milagres; Gutierrez, Marcelo Djian e Edgar; Mancini, Gilberto Silva, Djair, Rodrigo (Bosco) e Rubens Júnior; Guilherme e Marques (Kim ou Wellington Amorim). Brasiliense: Donizete; Moisés, Tiago, Aldo e Emerson; Evandro, Carioca, Gil Baiano e Auecione; Jackson e Wellington Dias.

Mais matérias
desta edição