app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5717
Esportes Jogador do PSG e da Seleção Brasileira estava sendo acusado de fraude e corrupção, quando foi para o Barça

NEYMAR TEM ACUSAÇÕES RETIRADAS PELA JUSTIÇA

Promotoria havia pedido inicialmente dois anos de prisão e uma multa de 10 milhões de euros contra o craque brasileiro

Por Gazeta Esportiva | Edição do dia 29/10/2022 - Matéria atualizada em 29/10/2022 às 04h00

Em uma nova reviravolta, a Promotoria espanhola retirou, nessa sexta-feira (28), todas as acusações de corrupção e fraude contra Neymar e os demais réus no julgamento realizado em Barcelona sobre supostas irregularidades cometidas em sua transferência do Santos para o Barça em 2013. 

O Ministério Público decidiu pela “retirada das acusações contra todos os réus e por todos os fatos”, pelos quais foram processados, anunciou o promotor, ao apresentar suas conclusões sobre este julgamento no qual, inicialmente, foram solicitados dois anos de prisão e uma multa de dez milhões de euros (R$ 53 milhões) para o agora jogador do PSG. 

A mudança de opinião ocorre na reta final de um extenso processo que começou há sete anos, quando o DIS, fundo que detinha parte dos direitos do jogador, alegou ter-se sentido enganado durante a polêmica operação. 

Mas suas alegações não se sustentaram durante as audiências, segundo o promotor, que considerou que se baseavam em “pressupostos”, e não em provas. 

“Acho que o DIS tem todo direito de entender que a transferência de Neymar tinha que lhe trazer um benefício maior, mas acho que errou na jurisdição”, expôs García. 

Além de Neymar e de seus pais, dois ex-presidentes do Barça – Sandro Rosell e Josep Maria Bartomeu – e um ex-dirigente do Santos, Odilio Rodrigues Filho, são julgados neste processo.

Mais matérias
desta edição