app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5749
Esportes Brasileira brilhou em Liverpool, na Inglaterra, e leva mais um ouro para a sua galeria de medalhas

REBECA ANDRADE FATURA OURO NO MUNDIAL

Rebeca Andrade era favorita para conquistar ouro no individual geral; antes dela, só Jade Barbosa tinha conseguido subir no pódio, em 2007

Por Metrópoles e GE | Edição do dia 04/11/2022 - Matéria atualizada em 04/11/2022 às 04h00

É ouro para o Brasil! Rebeca Andrade conquistou o lugar mais alto do pódio no individual geral, nesta quinta-feira (3/11), no Campeonato Mundial de Ginástica Artística, em Liverpool (Inglaterra).

A brasileira era a favorita para conquistar o ouro inédito, principalmente depois de ficar em 1º lugar nas Olimpíadas de Tóquio. Antes dela, apenas Jade Barbosa tinha conseguido subir no pódio, em 2007, quando ficou com o bronze.

A vice-campeã olímpica da prova confirmou o favoritismo e brilhou para se tornar a primeira brasileira campeã mundial da prova mais tradicional da modalidade. Rebeca agora é a nova a número 1 do mundo e celebrou com a bandeira do Brasil no solo da arena de Liverpool, na Inglaterra.

A brasileira Flávia Saraiva também se classificou para a final da prova, mas não participou devido a dores no tornozelo direito, operado em 2021.

Rebeca começou a prova no salto, onde garantiu a nota de 15.166. Em seguida, apresentou nas barras assimétricas, com a nota de 13.800. Na trave, a ginasta ficou com 13.533. O último aparelho foi o solo, onde Rebeca conseguiu 14.400. Somando 56,899 pontos, Rebeca foi absoluta na final dessa quinta. A americana Shilese Jones acabou ficando com a medalha de prata.

Dona de duas medalhas nas Olimpíadas de Tóquio, Rebeca aumentou para três a coleção de medalhas em Mundiais - foi campeã do salto e prata das barras assimétricas no ano passado. E ela ainda vai voltar à arena de Liverpool para buscar mais três pódios no fim de semana, nas barras, na trave e no solo.

Mais matérias
desta edição