app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5716
Esportes Quem vencer confronto direto no Novelli Júnior, em Itu, estará matematicamente promovido para a Série A 2023

ITUANO E VASCO DEFINEM ACESSO PARA SÉRIE A

Equipes dependem apenas de suas forças para subirem de divisão

Por Uol | Edição do dia 05/11/2022 - Matéria atualizada em 05/11/2022 às 04h00

O Vasco vai para a última rodada da Série B com confronto direto contra o Ituano, fora de casa, para garantir o acesso à Série A do Brasileirão. Ainda aguardando o julgamento do Sport no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o Cruz-Maltino faz as contas para voltar à elite sem depender disso. 

Na quarta posição, com 59 pontos, o Vasco precisa ao menos empatar com o Ituano, neste domingo (6), às 18h30 (de Brasília), no estádio Novelli Júnior, em Itu (SP). Em caso de vitória, chega aos 62 e não pode ser alcançado. Se tiver uma igualdade no placar, vai aos 60 contra 58 do Ituano. 

Mesmo se perder, o Vasco ainda tem chances de conseguir o acesso. Nesse caso, o Cruz-Maltino torce para o Sport não golear o Vila Nova, em Goiânia, por cinco gols de diferença e por uma derrota do Bahia para o CRB, em Maceió, por pelo menos três gols de diferença. Além de, claro, não ser derrotado pelo Ituano por mais de um gol de diferença. 

O Bahia, em terceiro, tem 59 pontos e 13 de saldo de gols. O Vasco, em quarto, tem a mesma pontuação e 11 de saldo. Já o Ituano, em quinto, está com 57 pontos e nove gols de saldo. O Sport, em sexto e com a missão mais difícil, tem 56 e seis de saldo. 

Além dos resultados na última rodada, o Vasco também pode contar com uma última reviravolta: o julgamento da confusão na partida contra o Sport, na Ilha do Retiro. Inicialmente marcado para essa quinta-feira (3), o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) adiou a decisão para o próximo dia 9.

O Sport pode perder até dez mandos de campo, ser multado e também perder o ponto da partida, em 16 de outubro. O clube pernambucano foi denunciado pela Procuradoria do tribunal em três artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (artigos 205, 211 e 213) e também nos artigos 19 e 20 do Regulamento Geral de Competições (RGC) da CBF

Mais matérias
desta edição