app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Esportes Zebra: jogadores da Arábia Saudita comemoram a vitória sobre a Argentina, na estreia da Copa do Catar: 2 a 1

De virada, Argentina perde para Arábia na estreia: 2x1

Messi abre de pênalti (polêmico), argentinos têm três gols anulados por impedimento, e sauditas buscam virada na etapa final

Por Gazeta Esportiva | Edição do dia 23/11/2022 - Matéria atualizada em 23/11/2022 às 04h00

A Argentina foi surpreendida na estreia da Copa do Mundo do Catar. Nessa terça (22), os argentinos perderam por 2 a 1 para a Arábia Saudita, de virada, no Estádio Lusail. A Albiceleste parecia que iria ter tranquilidade na partida, já que, com apenas nove minutos, Messi colocou os sul-americanos na frente.

No 2º tempo, entretanto, os árabes surpreenderam e buscaram a virada, com gols de Al-Shehri e Salem Al-Dawsari. No fim, o time do técnico Scaloni ainda tentou apertar, mas não foi o suficiente para evitar o revés. 

Com o resultado, os argentinos estão na lanterna da chave C do Mundial, sem pontuar. A Arábia Saudita, por sua vez, está na liderança, com três. A Argentina volta a campo no sábado, às 16h, quando encara o México, novamente no Estádio Lusail. No mesmo dia, mas às 10h, a Arábia enfrenta a Polônia, no Estádio da Cidade da Educação. 

Os gols

Aos 7 minutos, Messi cobrou escanteio para a área e viu Paredes ser derrubado. Após ser chamado para revisar o lance no VAR, o árbitro marcou pênalti. Messi, então, cobrou e, com categoria, abriu o placar. 

A Argentina seguiu em cima e chegou a balançar as redes mais três vezes, mas, impedidos, todos os gols foram anulados. 

No 2º tempo, os gols desperdiçados na etapa inicial fizeram falta. Isso porque, na volta do intervalo, a Arábia Saudita acordou. Após Messi perder a bola no meio de campo, Al-Shehri foi lançado em profundidade, passou por Romero e bateu cruzado para deixar tudo igual. 

E não demorou para sair a virada. Com 7 minutos, Salem Al-Dawsari pegou a sobra na ponta esquerda, cortou a marcação e finalizou no ângulo: um golaço! 

feriado na arábia

O país anunciou que, em celebração ao triunfo, esta quarta (23) será feriado nacional para trabalhadores e estudantes. A sugestão foi feita pelo príncipe Mohammed bin Salman e aprovada pelo rei Salman. A intenção é festejar a vitória da seleção no Mundial, que pôs fim a uma invencibilidade de 36 jogos dos argentinos.

Mais matérias
desta edição