app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5712
Esportes Argentina precisa vencer a Polônia para chegar às oitavas, enquanto Arábia Saudita quer ser a zebra

Grupos C e D definem futuro nesta quarta

Argentina de Messi ainda corre risco de ser eliminada

Por Guilherme Magalhães | Edição do dia 30/11/2022 - Matéria atualizada em 30/11/2022 às 04h00

As definições dos grupos da Copa do Mundo seguem nesta quarta-feira (30), com os jogos dos Grupos C e D. Grupos, inclusive, que possuem potenciais campeões, como Argentina e França. Porém, ainda falta decidir muita coisa antes de cravar o futuro dessas seleções.

Grupo C

O Grupo C é o grupo da Argentina e ainda está completamente apertado. São duas partidas às 16h. A seleção de Lionel Messi entra em campo no Estádio 974 para encarar a Polônia de Lewandowiski. Enquanto isso, no Estádio Lusail, a Arábia Saudita, zebra da chave, enfrenta o México, que se amarra a chances remotas.

Ninguém está classificado, tampouco eliminado. Os poloneses lideram com quatro pontos, enquanto Argentina e Arábia Saudita têm três. O México é o lanterninha, com um ponto. Como há o confronto entre Argentina e Polônia, o vencedor avança. O empate já garante os poloneses. A Arábia passa se empatar e Argentina perder. O México só passa em caso de vitória e derrota dos argentinos.

Grupo D

Essa chave está bem mais encaminhada, principalmente pelo fato de a França já estar classificada. O grupo será definido às 12h. Enquanto a França vai enfrentar a Tunísia, no Cidade da Educação, Dinamarca e Austrália fazem um confronto direto pela segunda vaga, no Estádio Al Janoub.

A França vai jogar precisando empatar para garantir o 1º lugar, contudo, a Tunísia precisa vencer. Os franceses têm seis pontos, Austrália tem três e a dupla Dinamarca e Tunísia apenas um ponto.

Para os africanos passarem, só uma vitória, somado a um empate entre Austrália e Dinamarca. A Austrália avança se não perder e a França segurar a Tunísia. Já o cálculo da Dinamarca é simples: basta vencer o confronto direto.

* Sob supervisão da editoria de Esportes.

Mais matérias
desta edição