app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Esportes

Em retorno de Neymar, Brasil bate Coreia e pega a Croácia nas quartas

Vinícius Jr, Neymar, Richarlison e Lucas Paquetá fizeram os gols da vitória brasileira no Catar, por 4 a 1; Paik marcou para os coreanos

Por Gazeta Esportiva | Edição do dia 06/12/2022 - Matéria atualizada em 06/12/2022 às 08h02

O Brasil não teve dificuldades para confirmar sua ida às quartas de final da Copa do Mundo. Nessa segunda-feira (5), a Seleção enfrentou a Coreia do Sul, no Estádio 974, em Doha, no Catar, pelas oitavas da competição, jogo que marcou a votla de Neymar aos gramados, e confirmou seu favoritismo goleando o rival asiático, por 4 a 1, graças aos gols de Vinícius Jr, Neymar, de pênalti, Richarlison e Lucas Paquetá. Paik fez o gol de honra dos coreanos. 

Com o resultado, o Brasil enfrentará a Croácia nas quartas de final da Copa, na próxima sexta (9), às 12h (de Brasília), no Cidade da Educação, em Doha. Os europeus também garantiram vaga na próxima fase nessa segunda, ao vencerem o Japão, nos pênaltis, por 3 a 1, após empate de 1 a 1 no tempo normal. 

A partida dessa segunda-feira não só marcou a volta de Neymar ao time titular, mas também o de Danilo. Ambos sofreram lesões no tornozelo há 11 dias, na estreia da Seleção na Copa, contra a Sérvia, mas se recuperaram a tempo para disputar as oitavas. 

O jogo 

O Brasil dominou o 1º tempo e precisou de apenas sete minutos para abrir o placar. Raphinha fez linda jogada pela direita, chegou à linha de fundo e cruzou rasteiro para trás. A bola passou por todo mundo e sobrou para Vinícius Jr, que teve tranquilidade para dominar, erguer a cabeça e bater com categoria para marcar seu primeiro gol na Copa. 

Cinco minutos após, o Brasil ampliou. Richarlison chegou na bola, antes do defensor coreano, e foi derrubado dentro da área. Sem titubear, o árbitro deu o pênalti. Neymar cobrou e não desperdiçou, deslocando o goleiro de forma categórica e deixou a Seleção ainda mais tranquila. 

A Coreia do Sul assustou aos 16 minutos, com Heechan Hwang, que bateu colocado, de fora da área, exigindo grande defesa de Alisson. Mas, foi o Brasil quem balançou as redes.  Aos 29’, Richarlison recebeu lindo passe de Thiago Silva, saiu cara a cara com o goleiro, tocou no canto e fez o terceiro. 

A Seleção transformou a boa vitória em goleada, antes do intervalo. Richarlison puxou contra-ataque, a bola ficou com Vinícius Jr e ele deu um bom passe por elevação, encontrando Lucas Paquetá, que bateu de primeira, para estufar as redes e acabar com a chance de a Coreia do Sul reagir. 

O Brasil “tirou o pé” no 2º tempo e por pouco não levou o primeiro gol, logo aos 2 minutos, quando Son recebeu lançamento nas costas de Marquinhos, ficou com a bola dentro da área e bateu no canto, mas mandou para fora. 

A Seleção Brasileira respondeu com Raphinha, que tabelou com Paquetá, driblou a marcação dentro da área e bateu no canto, exigindo bela defesa do goleiro sul-coreano. 

Aproveitando o fato de o Brasil estar mais relaxado no jogo, a Coreia do Sul estava determinada ao menos a fazer seu gol de honra, o que quase aconteceu aos 23’, quando Heechan Hwang ficou com a sobra do cruzamento e, de dentro da área, soltou uma bomba, no cantinho, mas Alisson defendeu. 

De tanto insistir, a Coreia do Sul foi premiada com o gol de honra aos 30’, quando Paik ficou com o rebote, após bola alçada na área, e bateu forte, contando com o desvio de Thiago Silva para estufar as redes de Alisson.

Mais matérias
desta edição