app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5709
Esportes Goleiro Buonou foi o herói da classificação do Marrocos na Copa do Mundo, eliminando a Espanha

Marrocos vence a Espanha nos pênaltis e se classifica

Marrocos se segura na defesa e espanhóis desperdiçam todas as penalidades

Por Lance! | Edição do dia 07/12/2022 - Matéria atualizada em 07/12/2022 às 04h00

Marrocos fez história no Estádio Cidade da Educação. Depois de um jogo amarrado, mas em que tiveram chances até de vencer a Espanha, os Leões do Atlas passaram pelo 0 a 0 no tempo regulamentar, ganharam a disputa de pênaltis por 3 a 0 e avançaram. Nas quartas de final da Copa, eles enfrentam Portugal, que goleou a Suíça, também nessa terça. Foi a primeira vez que o país norte-africano passou das oitavas do Mundial.

O jogo

A Espanha tentou impor seu tradicional estilo de jogo desde o início, mas sofreu para passar pela marcação do Marrocos. Tanto que a primeira chance foi de Hakimi, aos 11 minutos. O chute foi por cima do gol.

Os comandados de Luis Enrique só assustaram quando, aos 24min, o goleiro Bounou saiu jogando errado e, depois, fez grande defesa. Menos mal que Asensio, autor da finalização, estava impedido. Após dois minutos, ele mesmo chutou forte, mas a bola foi na rede, por fora.

O terço final da 1ª etapa teve Maraoui gerando a primeira chance de real perigo para Simón. O lateral marroquino chutou forte, mas o goleiro defendeu em dois tempos. Houve tempo ainda para a bola rodar de um lado para o outro, Boufal cruzar e Aguard cabeceou por cima. O 2º tempo seguiu o mesmo padrão: a Espanha tentando atacar, mas sem velocidade, e os Leões do Atlas se defendiam bem.

Porém, passavam longe de gerar contra-ataques eficientes. A dinâmica do jogo seguiu até o terço final. Morata foi no fundo, cruzou, mas ninguém acompanhou. Olmo cobrou falta com perigo no último lance e Bounou defendeu. A prorrogação começou com Cheddira recebendo em profundidade, mas teve a bola roubada ao tentar chutar.

Aos 12’, o mesmo Cheddira recebeu na marca do pênalti, mas jogou a melhor chance do jogo em cima do goleiro. Na 2ª etapa, de novo Cheddira teve outra chance na área, mas se atrapalhou e não finalizou. No lance final, Sarabia tentou, mas acertou a trave.

Nos pênaltis, Sarabia cobrou para a Espanha na trave. Soler cobrou mal e Bounou pegou. Benoun consagrou Simón, ao também cobrar mal, mas Bounou acertou o canto e ainda pegou a cobrança de Busquets. Assim, Marrocos nas quartas!

Mais matérias
desta edição