app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5709
Esportes Quatro anos após jogo na Copa da Rússia, argentinos e croatas se reencontram pelas semis

Argentina e croácia decidem quem será o 1º finalista da copa 2022

As duas seleções entram em campo nesta terça (13), no Estádio Lusail, às 16 horas (de Brasília), pela primeira semifinal do Mundial do Catar

Por Guilherme Magalhães, Com Gazeta Esportiva | Edição do dia 13/12/2022 - Matéria atualizada em 13/12/2022 às 04h00

Nesta terça-feira (13) será dado o primeiro passo rumo à grande final da Copa do Mundo 2022. Argentina e Croácia entram em campo, no Estádio Lusail, às 16h (de Brasília), pela semifinal do Mundial. O duelo marca um reencontro entre os países, já que na fase de grupos de 2018 os croatas venceram os argentinos por 3 a 0.

O confronto é simples, o vencedor estará na grande final contra França ou Marrocos. Contudo, jogo promete muito, pois colocará os talentos de Messi e Modric frente a frente. Curiosamente, os dois países são os dois últimos vice-campeões do mundo. A Croácia perdeu para a França em 2018, e a Argentina caiu para a Alemanha em 2014.

Para chegar nesta fase, as equipes precisaram superar as disputas de pênaltis. A Croácia empatou por 1 a 1 com o Brasil, mas teve um brilho nas penalidades, vencendo por 4 a 3. Já a Argentina estava com a mão na classificação, quando levou um empate por 2 a 2 com a Holanda. Nos pênaltis, porém, os sul-americanos venceram: 4 a 3.

Argentina

O técnico Lionel Scaloni, afirmou nessa segunda (12) que o meia-atacante Ángel Di María e o volante Rodrigo De Paul devem estar disponíveis para entrar em campo. Ambos eram dúvidas e por pouco não ficaram de fora das quartas de final, quando a Argentina passou pela Holanda.

“A princípio, estão disponíveis, nos deixa tranquilos. É preciso avaliar a disponibilidade a respeito da minutagem de cada um. Entendo que estão em condições”, respondeu Scaloni em coletiva. O problema é que a Argentina tem jogadores fora. Dois atletas são desfalques confirmados na Albiceleste: os defensores Marcos Acuña e Gonzalo Montiel, suspensos.

Assim, a escalação argentina deve ser: Emiliano Martínez, Molina, Cristian Romero, Otamendi e Tagliafico ; De Paul, Paredes (Di Maria), Mac Allister e Enzo Fernández; Messi e Julián Álvarez.

Croácia

Às vésperas da primeira semifinal da Copa do Catar, o técnico da Croácia, Zlatko Dalic, projetou o duelo com a Argentina. Segundo ele, a pressão está toda do lado argentino, sobretudo por ter a estrela de Messi no elenco.

“Estamos entre as quatro seleções do mundo. É muito importante termos chegado aqui duas vezes consecutivas. Agora queremos mais. Estamos jogando contra a grande Argentina comandada por Messi e eles estão sob mais pressão do que a Croácia neste momento. Nós analisamos eles, sabemos como jogam. Como sempre, sou otimista. Os jogadores mostraram caráter, não vamos nos adaptar muito ao adversário. Conhecemos o lado deles, mas jogaremos do nosso jeito”, disse.

A Croácia não possui nenhum grande desfalque, o maior problema é, justamente, o cansaço por ter passado por duas prorrogações seguidas. Mas a equipe parece acostumada com isso. A Croácia deve jogar com: Livakovic; Lovren, Sosa e Gvardiol; Juranovic, Kovacic, Modric, Brozovic e Perisic; Kramaric (Petkovic) e Pasalic.

* Sob supervisão da editoria de Esportes.

Mais matérias
desta edição