app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Esportes Time azulino criou poucas oportunidades e sofreu para segurar empatar com o Fantasma

Em jogo movimentado, CSA e ASA empatam por 0 a 0 pelo Alagoano

Após igualdade em Murici, Azulão se mantém entre os últimos colocados do Estadual, enquanto Alvinegro se segura na liderança

Por Guilherme Magalhães | Edição do dia 18/01/2023 - Matéria atualizada em 18/01/2023 às 04h00

Na noite dessa terça-feira (17), no Estádio José Gomes da Costa, em Murici, o CSA ficou no empate por 0 a 0 no clássico contra o ASA, pela 2ª rodada do Campeonato Alagoano. O resultado não foi nada bom para os azulinos, que seguem sem vencer no Estadual. Já o Gigante manteve sua invencibilidade dentro da competição.

Com o placar, o time arapiraquense manteve a liderança do campeonato, agora de forma isolada, com quatro pontos. O Azulão ganhou posições, já que alcançou seu primeiro ponto. O CSA ocupa agora ocupa a 6ª posição. As duas equipes aguardam o fechamento da rodada para conhecerem suas posições finais.

Na próxima rodada, os dois clubes jogarão como mandantes. O CSA enfrenta o Murici, no próximo dia 24, às 19h, no Estádio Rei Pelé. Antes disso, o time marujo viaja para Teresina, onde encara o Fluminense-PI, neste sábado (21), pela Copa do Nordeste. 

O ASA entra em campo no final de semana, também no sábado, contra o Jaciobá, pela Copa Alagoas. No dia 25, o Gigante atua na 3ª rodada do Estadual contra o Murici, no Fumeirão.

RESUMÃO

O técnico Roberto Fonseca armou um CSA diferente, jogando com três zagueiros. O Azulão ficou mais com a posse no início e conseguiu um lance de perigo logo aos 4min. Éverton Silva recebeu toque de Ruan e bateu cruzado, mas a bola foi direto para fora. 

Renan Rinaldi teve trabalho no primeiro tempo. Após contra-ataque do time marujo, Geovane recebeu o passe pelo lado esquerdo e invadiu a área. O meia deu um toque colocado no canto e Renan defendeu com a pontinha dos dedos para salvar o ASA, aos 22min.

Com 28, novamente o arqueiro alvinegro trabalhou. Dessa vez, foi quando Éverton Silva invadiu pelo lado direito e chutou forte, mas o goleiro pegou em dois tempos. Acuado, o ASA precisou responder novamente. Com 32 minutos, Anderson Feijão colocou a bola na cabeça de Tito, que estufou as redes azulinas, mas a arbitragem anulou o tento alvinegro por impedimento.

Na volta do intervalo, foi outro jogo, com pressão do Fantasma.  Logo com dois minutinhos, Michel cruzou de muito longe e Vitinho apareceu de surpresa para cabecear. O cabeceio foi ótimo, mas a bola saiu raspando a trave. 

Com 6min, foi a vez de Tito. O centroavante foi lançado sozinho na área, mas Dalberson amedrontou e o atacante alvinegro perdeu uma chance inacreditável.

 Demorou muito tempo para o CSA chegar no segundo tempo. Com 14min, Thales recebeu cruzamento na área. Sozinho, o zagueiro conseguiu errar o alvo. Para a sorte do defensor, o lance foi anulado por impedimento. O Azulão só veio melhorar nos minutos finais, mas já não havia tempo para conseguir o resultado. Aos 49min, o apito final soou: CSA 0x0 ASA.

* Sob supervisão da editoria de Esportes.

Mais matérias
desta edição