app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Esportes Maceió, 24 de janeiro de 2023
Lance do jogo entre CRB e Coruripe, partida válida pela 3º Rodada do Campeonato Alagoano, de 2023 realizada no Estádio Rei Pelé, em Maceió . Alagoas - Brasil.
Foto: Ailton Cruz

CRB SÓ EMPATA COM O CORURIPE, MAS SEGUE LÍDER ISOLADO: 1 A 1

Galo começou perdendo, mas arrancou o empate no Rei Pelé, com um gol de Renato; já o tento do Hulk foi marcado por Tata Baiano

Por Fernanda Medeiros | Edição do dia 26/01/2023 - Matéria atualizada em 26/01/2023 às 04h00

/Maceió, 24 de janeiro de 2023
Lance do jogo entre CRB e Coruripe, partida válida pela 3º Rodada do Campeonato Alagoano, de 2023 realizada no Estádio Rei Pelé, em Maceió . Alagoas - Brasil.
Foto: Ailton Cruz
/Maceió, 24 de janeiro de 2023
Lance do jogo entre CRB e Coruripe, partida válida pela 3º Rodada do Campeonato Alagoano, de 2023 realizada no Estádio Rei Pelé, em Maceió . Alagoas - Brasil.
Foto: Ailton Cruz
/Maceió, 24 de janeiro de 2023
Lance do jogo entre CRB e Coruripe, partida válida pela 3º Rodada do Campeonato Alagoano, de 2023 realizada no Estádio Rei Pelé, em Maceió . Alagoas - Brasil.
Foto: Ailton Cruz
/Maceió, 24 de janeiro de 2023
Lance do jogo entre CRB e Coruripe, partida válida pela 3º Rodada do Campeonato Alagoano, de 2023 realizada no Estádio Rei Pelé, em Maceió . Alagoas - Brasil.
Foto: Ailton Cruz
/Maceió, 24 de janeiro de 2023
Lance do jogo entre CRB e Coruripe, partida válida pela 3º Rodada do Campeonato Alagoano, de 2023 realizada no Estádio Rei Pelé, em Maceió . Alagoas - Brasil.
Foto: Ailton Cruz

Em partida nessa quarta (25), no Estádio Rei Pelé, em Maceió, o CRB começou perdendo, mas não demorou e chegou ao empate com o Coruripe, pelo Alagoano: 1 a 1. O duelo fechou a 3ª rodada.

O gol do Coruripe foi de Tata Baiano, enquanto o gol regatiano foi de Renato, ambos na etapa inicial. Com este resultado, o Galo passa a 7 pontos, ocupando a liderança isolada. O Hulk, por sua vez, é o 7º, com 2 pontos.

Na próxima rodada (4ª), o time regatiano tem pela frente o Clássico das Multidões, contra o arquirrival CSA, sábado (28), às 16h, também no Trapichão. Já o Coruripe, no mesmo dia, enfrenta o Aliança, no Gerson Amaral, em Coruripe, mas às 19 horas.

COMO FOI 

No início, o jogo era muito igual, mas com o Coruripe se posicionando muito bem em campo, dificultando a saída de bola do CRB. Aos 9 minutos, o Galo tentou chegar, quando Hereda deu um passe longo para Gabriel Conceição, mas Mayron chegou, dominou bonito e saiu jogando.

Aos 12’, uma falta em favor do CRB foi cobrada por Hereda. Ele mandou direto na área do Coruripe, mas a zaga cortou. A boa chegada mesmo do CRB se deu aos 15min. Mike acionou Hereda, que rolou a bola para o meio da área, Denner surgiu sozinho, mas mandou por cima do gol de Ayron.

O jogo começou a ficar truncado, feio, sobretudo no meio de campo. Aos 18’, o Hulk fez uma boa tentativa, com Palhinha, que mandou na segunda trave, Júnior escorou para trás, mas ninguém chegou. Aos 25’, o Galo teve uma chance, em cobrança de falta. Denner mandou na pequena área, mas Ayron tirou dando um soco na bola.

E eis que, aos 32min, saiu o primeiro gol do jogo. E foi do Coruripe. Após cruzamento rasteiro, Luiz Henrique cortou errado e Perea só fez bater. Diogo Silva defendeu, mas, no rebote, Tata Baiano mandou para o gol: 1 a 0.

Aos 36min, o Galo perdeu a grande chance de empatar. Anderson Leite teve tudo para marcar, mas não caprichou na finalização e mandou a pelota por cima da trave.

O CRB procurava o gol, que estava maduro, e ele veio aos 43 minutos, após cobrança de falta de Renato, que mandou no ângulo superior direito, a bola ainda bateu na barreira e foi para o fundo da rede, sem chance para o goleiro: 1 a 1. 

No 2º tempo, o CRB tentava chegar, tinha chances, pois o Coruripe mal saiu para o jogo. O problema era que o Galo não acertava o pé, era só chutão e perdia as oportunidades.

A partida chegava aos 30 minutos e o Coruripe mostrava-se cansado. Em uma das investidas do Galo, aos 35’, o goleiro do Hulk estava fora do gol e o Galo não aproveitou tal chance para fazer o segundo. 

O jogo era sem qualidade e isso deixava a torcida do CRB na bronca, que passou a vaiar a sua equipe. A bronca da torcida até deu certo, pois Copete fez o gol, mas foi invalidado pelo árbitro porque o braço do atleta tocou na bola.

O árbitro decretou 6 minutos de acréscimos. O CRB tentava, mas sem sucesso. E, aos 51 minutos, ponto final no jogo, com o 1 a 1.

Mais matérias
desta edição