app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5714
Esportes Nos sete primeiros jogos da temporada, Azulão acumulou duas derrotas, duas vitórias e três empates

CSA tem seu pior início de temporada desde 2020

Com apenas duas vitórias em sete jogos, Azulão vem preocupando torcedores com fraco desempenho

Por Guilherme Magalhães | Edição do dia 01/02/2023 - Matéria atualizada em 01/02/2023 às 04h00

Desde o rebaixamento para a Série C, muitos torcedores esperavam um ano difícil para o CSA. Contudo, alguns estão se surpreendendo com o fraco desempenho nos sete primeiros jogos da temporada até aqui. Com duas vitórias em dois jogos, o Azulão tem seu pior início de ano desde 2020.

Para fazer este levantamento, a reportagem considerou os sete primeiros jogos de todas as temporadas anteriores. E o que surpreende é que, desde 2011, o ano de 2023 tem o terceiro pior começo, em termos de resultado. Inclusive, abaixo dos anos em que o CSA estava sem divisão.

Até aqui, o time treinado por Roberto Fonseca entrou em campo sete vezes. Foram duas vitórias (sobre Potiguar de Mossoró e Murici), três empates e duas derrotas. Um aproveitamento total de 42,8%. Esses números superam apenas 2011, quando o Azulão teve 28,7%, e 2020, que somou apenas 38,1% de aproveitamento.

E tal situação é refletida no campo. Na tabela do Campeonato Alagoano, após a metade da competição, o time azulino é o vice-lanterna, com quatro pontos. Por isso, antes de pensar na classificação, ainda tem que se distanciar da zona do rebaixamento.

Contudo, ainda há chance de recuperar o tempo perdido. O CSA já entra em campo nesta quinta-feira (2), às 20 horas, para enfrentar o Desportivo Aliança, pela 5ª rodada do Estadual. O embate é direto na briga contra o rebaixamento, já que os dois clubes estão nas duas últimas posições do campeonato.

SÓCIOS

Fora dos campos, o que ainda preocupa a diretoria azulina é a baixa adesão de sócios torcedores. Desde o início do ano, o clube vem tentando encontrar saídas para o aumento do quadro de apoiadores, inclusive com novos planos e perdão de dívidas daqueles que não pagavam a mensalidade.

Porém, segundo o site do time marujo, os resultados ainda não chegaram. Há uma semana, o CSA computava 5.630. No levantamento dessa terça (31), o clube soma 5.273, até o fechamento desta matéria. Uma queda relevante de cerca de 400 torcedores.

* Sob supervisão da editoria de Esportes.

Mais matérias
desta edição