app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5756
Esportes Chapa “Resgate do Azulão II” foi aclamada para a presidência do CSA, encabeçada por Rafael Tenório, que volta ao clube após um ano

Rafael Tenório assume a presidência do CSA até 2027

Rafael Tenório terá Mírian Monte como sua vice-presidente

Por Guilherme Magalhães | Edição do dia 09/02/2023 - Matéria atualizada em 09/02/2023 às 04h00

/Chapa “Resgate do Azulão II” foi aclamada para a presidência do CSA, encabeçada por Rafael Tenório, que volta ao clube após um ano

A volta dos que não foram! Rafael Tenório é oficialmente o novo presidente do CSA. Na noite desta quarta-feira (8), em aclamação realizada no CT Nelson Peixoto Feijó, em Maceió, foi confirmada a eleição da chapa “Resgate do Azulão II”. Tenório vai presidir o Azulão durante o quadriênio 2023/2027.

RT volta ao comando do clube após pouco mais de um ano. Novas eleições precisaram ser realizadas por conta da renúncia de seu antecessor, Omar Coêlho, ainda no início de 2023. Como a chapa de Tenório foi a única inscrita, a eleição transcorreu sem maiores problemas e dela participaram vários conselheiros. 

Ao lado do novo presidente, compõem a chapa: Mirian Monte (vice-presidente), Major Aldo Dantas (superintendente de Esportes) e Katiano Caetano (superintendente administrativo).

Primeiramente, foi realizada uma solenidade, em uma assembleia geral, aberta para os sócios do clube azulino e a imprensa. Em seguida, foi iniciada uma reunião privada entre os membros do Conselho Deliberativo.

E, por falar em Conselho, este também deverá passar por eleições. Com a saída de Rafael Tenório, o cargo de presidente do Conselho Deliberativo ficou vago. O pleito para definir o novo presidente e vice deve acontecer no dia 13 deste mês.

DISPENSADOS

Nesta quarta-feira (8), a direção do CSA anunciou pequenas mudanças em seu elenco e dispensou dois jogadores que foram contratados ainda na gestão passada, comandada pelo então presidente Omar Coêlho. O volante Moisés Gaúcho e o zagueiro Gabriel Oliveira tiveram seus contratos rescindidos e não jogam mais pelo clube.

* Sob supervisão da editoria de Esportes.

Mais matérias
desta edição