app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5749
Esportes Momento da confusão no Rei Pelé, quando dois jogadores do CRB foram expulsos

EM JOGO COM MUITA CONFUSÃO, CRB FICA NO EMPATE COM CEARÁ: 1 A 1

Galo teve dois jogadores e o técnico expulsos, fez o gol com Anselmo Ramon, de pênalti; Vozão empatou com Erick, também de penal

Por Fernanda Medeiros | Edição do dia 18/02/2023 - Matéria atualizada em 18/02/2023 às 04h00

/Momento da confusão no Rei Pelé, quando dois jogadores do CRB foram expulsos

Em uma partida dramática e regada a muita confusão, com dois pênaltis – um para cada lado, e três expulsões (dois jogadores e o técnico do Galo) –, o CRB ficou no empate por 1 a 1, com o Ceará, na noite dessa sexta (17). O duelo foi pela pela 4ª rodada da Copa do Nordeste, no Rei Pelé, em Maceió.

Os gols foram de Anselmo Ramon (de pênalti), para o CRB, e de Erick (também de pênalti), para o Vozão. O Galo ainda ficou no prejuízo porque teve o seu técnico, Umberto Louzer, expulso, além de João Paulo e Renato, todos na 2ª etapa. Com este resultado, o CRB é o 3º colocado, com 6 pontos, no Grupo A. Enquanto o Vozão é o 2º,  com 7 pontos, no Grupo B.

Ambos voltam a campo, pela mesma competição, na Quarta-feira de Cinzas (22). O CRB recebe o Santa Cruz, às 18h, no mesmo Rei Pelé. E o Ceará, também no dia 22, visita o Fluminense-PI, no Lindolfo Monteiro, às 21h30.

COMO FOI

O Ceará começou melhor, estava mais consistente e bem postado, enquanto o CRB ainda não tinha rendido o esperado por sua torcida. O Galo tentava quebrar as linhas defensivas do Vozão, mas não tinha êxito. O jogo chegava aos 15 minutos e nada ainda de lance que chegasse com perigo no gol.

Aos 16min, a primeira chance foi do Vozão. Na cobrança de falta, Jean Carlos arriscou de longe e a bola foi na rede, mas pelo lado de fora. A primeira tentativa do Galo foi com Auremir. Ele limpou em cima do zagueiro e chutou cruzado, tirando tinta da trave do time cearense.

Aos 39', o CRB chegou. Após boa bola trabalhada, João Paulo chutou, pelo lado direito, a redonda foi pelo alto e Richard fez grande defesa. Aos 40min, o Vozão tentou no contra-ataque. Chay buscou Luvannor em profundidade, mas a bola correu muito e Diogo Silva saiu e defendeu. O árbitro deu 3 minutos de acréscimos e, sem emoção alguma, o 1º tempo foi encerrado com o placar zerado.

Na 2ª etapa, logo aos 12', o técnico do CRB, Umberto Louzer, foi expulso, por retardar o andamento do jogo. 

O Galo tinha melhorado em campo e tentava. De tanto tentar, conseguiu um pênalti em seu favor. Aos 25min, Renato foi derrubado na área, após ser tocado por atleta do Ceará, e o árbitro marcou. Anselmo Ramon cobrou, aos 27min, e guardou: 1 a 0.

Mas, aos 33min, o árbitro marcou um pênalti contra o CRB, após toque de mão de Fábio Alemão. Luvannor cobrou, aos 35min, e o goleiro defendeu. O árbitro mandou repetir a cobrança, alegando invasão na área. Muitas reclamações por parte dos jogadores do Galo e dois foram expulsos: João Paulo e Renato. Até a polícia entrou em campo para acalmar os ânimos. Não teve jeito. Aos 41min, na nova cobrança, desta vez de Erick, ele guardou no fundo do gol. Tudo igual no Trapichão: 1 a 1.

O árbitro decretou 11 minutos de acréscimos. O CRB resistiu e segurou o empate, mesmo com dois jogadores a menos. E, aos 56min, o jogo foi encerrado.

Mais matérias
desta edição