app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Esportes No Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, Azulão não teve forças para conseguir vencer o Leão e perdeu por 3 a 0

CSA PERDE PARA O FORTALEZA E FICA FORA DO G4 DA COPA NE

Em uma atuação tímida, Azulão perde a primeira na Copa do Nordeste e dorme no sexto lugar

Por Guilherme Magalhães | Edição do dia 18/02/2023 - Matéria atualizada em 18/02/2023 às 04h00

Na noite dessa sexta (17), o CSA conheceu sua primeira derrota na Copa NE 2023. Jogando no Presidente Vargas, no Ceará, o Azulão perdeu para o Fortaleza, por 3 a 0, em duelo válido pela 4ª rodada. Assim, a equipe azulina chega à metade da competição fora do G4 do Grupo B.

Os gols da vitória leonina foram marcados por Lucero, Yago Pikachu (pênalti) e Thiago Galhardo. E o prejuízo do CSA com a derrota é grande, já que agora ocupa a 6ª posição do Grupo B, com cinco pontos, um pouco distante do G4. Por outro lado, o Leão se aproxima da classificação, pois agora é o líder isolado do Grupo A, com 12 pontos.

Nem mesmo o feriado de carnaval será de descanso para os dois clubes. O Azulão já entra em campo na Quarta-feira de Cinzas (22), às 19h, para enfrentar o Sampaio Corrêa, no Castelão, pela 5ª rodada do Nordestão. Já o Leza adiantou a rodada 5, pois na quinta (23) encara o Deportivo Maldonado pela Pré-Libertadores. O embate será no Estádio Domingo Burgueño, em Punto del Este, no Uruguai, às 21h (de Brasília).

RESUMÃO

Mesmo jogando fora de casa, o CSA não foi nada tímido para tentar atacar. Logo com 1min, conseguiu pisar na área, mas Geovane finalizou mal, para fora. Empolgado, o meia ainda tentou mais um chute aos 2min, mas João Ricardo não teve problemas para defender. Com muita velocidade, o Azulão deu mais um susto aos 8min. Kaio Nunes venceu a zaga e mandou um belo cabeceio, que raspou o travessão.

O Leão passou a igualar as ações. Com 19min, veio mais um susto contra o gol marujo, quando Pikachu cruzou com perigo, mas ninguém empurrou para o gol.

Com o ataque pouco produtivo, o CSA optou por anular as jogadas cearenses nos minutos finais. Mas tanto esforço não deu certo. Com 45min, Dudu deu um bom cruzamento e Lucero mandou um belíssimo chute de primeira para abrir o placar: 1 a 0. E o lance foi o último da etapa inicial, que foi encerrada aos 48 minutos.

Na volta do intervalo, o Fortaleza seguiu superior. O ritmo era lento, e o Azulão se mostrava com poucas alternativas. Mas a situação conseguiu piorar. Aos 19min, a arbitragem marcou pênalti para o Leão, após Rend tocar com a mão na bola. Pikachu cobrou bem e ampliou: 2 a 0.

Com a vantagem ampliada, as coisas dificultaram ainda mais para o CSA, completamente dominado. E a pressão do Fortaleza mais uma vez deu certo. Com 37 minutos, Thiago Galhardo recebeu o cruzamento, venceu a marcação e deu um chutaço no canto, sem chances para o arqueiro Dalberson: 3 a 0.

No fim, nada deu certo para o Azulão, que não conseguiu imprimir pressão contra a defesa cearense. Aos 50min, o apito final soou, decretando a quebra da invencibilidade azulina na Copa do Nordeste.

* Sob supervisão da editoria de Esportes.

Mais matérias
desta edição