app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5749
Esportes

Ronaldinho Ga�cho cogita deixar Barcelona

Depois de fazer juras de amor ao Barcelona, o atacante Ronaldinho já estaria cogitando deixar o clube catalão de forma inesperada. A reviravolta tem ligação com a provável saída do vice-presidente do clube e amigo do jogador, Sandro Rosell, no próximo dia

Por | Edição do dia 22/01/2005 - Matéria atualizada em 22/01/2005 às 00h00

Depois de fazer juras de amor ao Barcelona, o atacante Ronaldinho já estaria cogitando deixar o clube catalão de forma inesperada. A reviravolta tem ligação com a provável saída do vice-presidente do clube e amigo do jogador, Sandro Rosell, no próximo dia 30 de junho. A contratação de Ronaldinho, hoje o maior ídolo da equipe espanhola, deveu-se à ação de Rosell, que chegou ao poder no clube junto com a eleição de Joan Laporta para a presidência da equipe. O cartola, de acordo com o jornal espanhol Marca, foi quem convenceu o brasileiro a aceitar a proposta do Barcelona e recusar as ofertas de Real Madrid e do inglês Manchester United. Depois da chegada de Ronaldinho ao clube, o Barcelona passou a viver outros ares. Atualmente o time é líder do Campeonato Espanhol, com 45 pontos, sete a mais que seu rival, o Real Madrid. Foi, inclusive, na equipe espanhola que Ronaldinho ganhou um maior destaque internacional, nas temporadas de 2003 e 2004. O desempenho no gramado levou o brasileiro a ganhar o prêmio da Fifa de melhor do mundo, ano passado. Rivalidade Companheiros na seleção brasileira, Ronaldo e Ronaldinho romperam o silêncio e afloraram ainda mais a rivalidade entre Real Madrid e Barcelona, respectivamente, vice e líder do Campeonato Espanhol. No momento, o Real Madrid soma 38 pontos e não perde há três jogos. Por sinal, todas as partidas vencidas no comando de Vanderlei Luxemburgo. “Vencer o Espanhol não é nada fácil. O Barcelona jogou muito bem até o fim do ano, mas agora estamos a sete pontos deles e isso não é nada”, comentou Ronaldo. Vice-artilheiro da competição, com 11 gols – contra 14 do camaronês Samuel Eto’o, do Barcelona –, Ronaldo acredita que o Campeonato Espanhol está aberto. “A Liga é muito complicada. Qualquer equipe pode vencer qualquer um e em duas partidas podemos estar mais perto do Barcelona de novo”, disse o atacante madrileno. Já Ronaldinho foi mais irônico ao apimentar a rivalidade entre dois dos mais poderosos times do mundo ao comentar a eliminação do Real Madrid na Copa do Rei, depois do empate por 1 a 1 com o Valladolid. “Eu mentiria se não dissesse que não fiquei feliz com a derrota do Real Madrid”, disparou o jogador, que preferiu mudar de assunto, dizendo que estava “falando demais”. “Sabemos da rivalidade que existe entre essas duas equipes, mas estamos em um momento muito bom, dependemos apenas de nós mesmos e não vejo o que fazem as outras equipes”, disse Ronaldinho, tentando “disfarçar” a cutucada no rival. Hoje, o Barcelona enfrenta o Rancing Santander, no seu estádio, o Camp Nou. Já o Real Madrid joga amanhã com o Mallorca, no Santiago Bernarbéu, em Madrid.

Mais matérias
desta edição