app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5758
Esportes

Alagoano � campe�o da Copa SP pelo Corinthians

O alagoano Elton, de Palmeiras dos Índios, sagrou-se campeão, ontem, da Copa São Paulo de Juniores pelo Corinthians. O jogador, revelado na cidade do agreste alagoano, chegou a jogar no Agrimaq, e depois se transferiu para o Timão. Elton, de 18 anos, fo

Por | Edição do dia 26/01/2005 - Matéria atualizada em 26/01/2005 às 00h00

O alagoano Elton, de Palmeiras dos Índios, sagrou-se campeão, ontem, da Copa São Paulo de Juniores pelo Corinthians. O jogador, revelado na cidade do agreste alagoano, chegou a jogar no Agrimaq, e depois se transferiu para o Timão. Elton, de 18 anos, foi um dos grandes nomes da partida ao lado de Dinélson, autor de dois gols da vitória corintiana por 3 a 1 sobre o Nacional-SP. O Corinthians conquistou o sexto título, tornando-se o maior campeão do torneio. Foi a segunda vez que os dois times se enfrentaram na final. Em 1969 o Timão também venceu. Corinthians e Nacional fizeram um jogo aberto e disputado para um Pacaembu lotado. No primeiro tempo, as chances aconteceram para ambos os lados. Na melhor delas, Bobô, do Timáo, perdeu um pênalti, aos 14 do primeiro tempo. Apesar de o Corinthians manter as chances de gol, o Nacional passou a chegar com mais perigo. E aos 32 minutos, a equipe abriu o placar. Caio recebeu sozinho na área e chutou na saída de Júlio César. Depois do gol, o jogo continuou disputado. O Corinthians tentava o gol de empate e o Nacional queria ampliar o marcador, mas as duas equipes não tiveram sucesso e o placar terminou em 1 a 0 para o Nacional. No segundo tempo, o Corinthians retornou diferente. Dinélson entrou no lugar de Abuda para virar o destaque do jogo ao lado de Elton. O Timão tomou conta do segundo tempo. Logo aos oito minutos, o Corinthians chegou ao gol de empate. Dinélson recebeu passe de Élton e chutou da entrada da área no canto do goleiro Rodrigo. O Corinthians continuou pressionando. Aos 26 minutos, Bobô marcou de cabeça, após o cruzamento de Élton. O gol que selou a vitória veio no minuto seguinte, com um lindo toque de cobertura de Dinélson. O atacante recuperou a bola no meio de campo e da entrada da área encobriu o goleiro do Nacional, que estava muito adiantado. Com 3 a 1 no placar, o Timão não só manteve a vantagem como também continuou em busca do gol.

Mais matérias
desta edição