app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5750
Esportes

Flamengo sofre, vence Madureira e evita caos

O calor que o Flamengo esperava encontrar na tarde de ontem, em Conselheiro Galvão, não apareceu. Porém, mesmo com o gramado enlameado por causa das chuvas, a desejada vitória sobre o Madureira aconteceu. Longe de ser brilhante e convincente, mas com dete

Por | Edição do dia 27/01/2005 - Matéria atualizada em 27/01/2005 às 00h00

O calor que o Flamengo esperava encontrar na tarde de ontem, em Conselheiro Galvão, não apareceu. Porém, mesmo com o gramado enlameado por causa das chuvas, a desejada vitória sobre o Madureira aconteceu. Longe de ser brilhante e convincente, mas com determinação, a equipe rubro-negra venceu por 1 a 0 e mascarou a crise em que estava atolado. Vaiado na derrota por 3 a 0 para o Olaria, na estréia do Campeonato Estadual, o atacante Marcos Denner se redimiu. Ele marcou o gol e foi a principal figura ofensiva do time. “O que está predominando é a vontade, a determinação”, disse o autor do gol na saída para o intervalo. O resultado positivo dará tranqüilidade, ao menos provisória, para o técnico Júlio César Leal trabalhar. Prejudicado pela política de pouco investimento do clube, o treinador foi duramente criticado após a estréia desastrosa e sua demissão foi especulada. O técnico Júlio César Leal disse, após a sofrida vitória do Flamengo sobre o Madureira, que não se sente ameaçado no cargo. Para o treinador, sua situação é segura e as notícias sobre sua possível demissão em caso de derrota na segunda rodada eram apenas boatos criados de fora para dentro do clube. “Há uma luz no fim do túnel. A vitória desta quarta serviu para dar um alento de fora para dentro. A comissão técnica, elenco e jogadores sabiam que estávamos no caminho certo”, disse Leal. Apesar da inegável pressão imposta pelo Madureira nos minutos finais, o técnico disse que o Flamengo foi superior ao Madureira durante o decorrer da partida: “Vocês [jornalistas] dão ênfase aos aspectos negativos. Tivemos as melhores chances. Temos apenas 15 dias de trabalho e só jogamos quatro jogos. Mostramos que podemos jogar ao gosto da torcida”. O Flamengo chega aos três pontos no Grupo B e pula para a terceira posição da chave. Já o Madureira segue sem pontuar e fica na lanterna. No sábado, o Rubro-Negro vai à Região dos Lagos enfrentar a Cabofriense. A partida será às 16h (hora de Alagoas). Já o Madureira atuará novamente em casa, domingo, também às 16h, contra o Americano. Botafogo O presidente da Federação de Futebol do Rio em exercício, Rubens Lopes, voltou atrás em sua decisão de marcar um novo jogo entre Friburguense e Botafogo, interrompido na terça-feira no intervalo, por falta de energia elétrica no estádio Eduardo Guinle, em Nova Friburgo. Agora, no próximo dia 5 de fevereiro, sábado de carnaval, às 16h (hora de Alagoas), serão disputados os 45 minutos finais do jogo em que o time serrano vencia por 1 a 0. “Face ao conflito de normas no regulamento do Estadual e com base nos artigos que nos permitem decidir, optamos por seguir o regulamento da CBF, que prevê que, após o encerramento do primeiro tempo, joga-se apenas o complemento da partida”, disse Rubens Lopes, em entrevista à Rádio Globo. Vale lembrar que não serão colocados ingressos à venda para a continuação do jogo. Após a suspensão da partida na noite da terça-feira, os torcedores que compareceram ao estádio Eduardo Guinle foram orientados a guardar seus ingressos para reutilização.

Mais matérias
desta edição