app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5756
Esportes

Ronaldo afirma que n�o aceita reserva no Real

Substituído no último jogo do Real Madrid nos minutos finais, Ronaldo foi flagrado por uma câmera de televisão instalada no corredor dos vestiários do Santiago Bernabéu atirando seu agasalho, numa atitude visível de contrariedade com a decisão do técnico

Por | Edição do dia 28/01/2005 - Matéria atualizada em 28/01/2005 às 00h00

Substituído no último jogo do Real Madrid nos minutos finais, Ronaldo foi flagrado por uma câmera de televisão instalada no corredor dos vestiários do Santiago Bernabéu atirando seu agasalho, numa atitude visível de contrariedade com a decisão do técnico Vanderlei Luxemburgo. Ontem, o brasileiro abordou o tema em entrevista coletiva após o treino do Real Madrid. No contato com os jornalistas espanhóis, Ronaldo, de forma direta ou através de brincadeiras, mandou o seu recado: não aceita a reserva. “Vanderlei faz o que acha melhor para a equipe. Não acho que me use como exemplo. Não estou chateado. Aceito o que o treinador disser e não peço explicações. Aqui não há intocáveis, mas sempre que ele tira alguém, esse alguém sou eu”, declarou. Em seguida, o artilheiro do Real Madrid no Campeonato Espanhol fez questão de deixar claro que não está tomando uma posição de rebeldia contra o comando de sua equipe, apesar do descontentamento. “Não conheço nenhum jogador que fique feliz quando sai de campo. Eu fico irritado e chateado. Sempre quero jogar para ajudar a equipe. Mas isso foi no corredor. Se tinha uma câmera ali, foi azar, mas não fiz nenhum gesto dentro de campo por respeito a meus companheiros e ao público”, continuou o atacante. Indagado sobre a possibilidade de chegada de reforços de seus compatriotas Adriano e Robinho, Ronaldo tomou um caminho mais sutil para repetir seu recado. “Adriano e Robinho? Não sei se vão vir todos os atacantes do mundo para cá. Mas que venham. Ninguém vai tirar o meu lugar. Somos compatíveis. Raul, Adriano, Owen... Problema para o treinador. As partidas acabarão 8 a 7, 7 a 7”, afirmou Ronaldo, entre risos. O atacante ainda comentou sobre uma possível chegada de Adriano, atualmente no Inter de Milão: “Se um jogador quer deixar uma equipe, que vá. Se há um clube grande interessado e ele está decidido, é impossível pará-lo”. “Não falei com Adriano, mas acho que ele disse ontem que estava farto de toda esta repercussão e que quer estar tranqüilo. Não sei o que acontece, primeiro é preciso perguntar ao Real Madrid se há interesse”, declarou.

Mais matérias
desta edição