app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5750
Esportes

Corinthians cobra mais empenho de sua equipe

Ontem foi um dia inteiro de cobranças no Corinthians. Tudo por conta da derrota de 2x0 para o CRB, quarta-feira, no Rei Pelé, resultado que era imprevisto até mesmo para os mais fanáticos torcedores do adversário. Na verdade, com um time individualmente s

Por | Edição do dia 04/02/2005 - Matéria atualizada em 04/02/2005 às 00h00

Ontem foi um dia inteiro de cobranças no Corinthians. Tudo por conta da derrota de 2x0 para o CRB, quarta-feira, no Rei Pelé, resultado que era imprevisto até mesmo para os mais fanáticos torcedores do adversário. Na verdade, com um time individualmente superior e mais experiente, o Corinthians praticamente esbarrou na vontade do adversário, quer marcou o campo todo, encurtando os espaços. Essa definição foi analisada pelos dirigentes tricolores e em certos pontos pelo técnico Guto Ferreira. “O Corinthians não pode ser considerado melhor do que ninguém, mas é uma equipe bem preparada em todos os seus aspectos, inclusive com jogadores de bom nível, e não pode errar tanto como errou contra o CRB. Perder é absolutamente normal em futebol, mas não aceitamos passividade contra qualquer adversário que possa ser inferior ou tenha uma postura de valentia como o CRB. O Corinthians precisa ser mais competente em suas atitudes se quiser ser campeão. Como ainda estamos no início do torneio, vamos esperar uma grande reação da equipe”, comentou o superintendente Alarcon Pacheco. Além de Alarcon, que dirigiu algumas destas palavras aos jogadores, o patrono do clube, João Batista Dantas Feijó, ficou muito decepcionado com a atuação do time. Sempre coerente em suas análises, Feijó concordou com a falta de maior valentia para superar o adversário. Como Alarcon, João Feijó espera melhor desempenho nos próximos jogos, a partir de amanhã, no jogo contra o ASA, no Nélson Peixoto Feijó, às 15h15. O técnico Guto Ferreira deve mudar a equipe. No meio-campo, por exemplo, Geraldo sofreu contusão na quarta-feira e está vetado pelo médico Adalberon Omena. Seu substituto poderia ser Fabinho, mas este pediu dispensa e foi embora. A novidade deve ser a estréia de Bruno. (JJ)

Mais matérias
desta edição