app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Esportes

Atl�tico afunda-se em crise ap�s humilha��o

Belo Horizonte - A derrota por 3 a 0 para o Brasiliense em  pleno Mineirão, quarta-feira, pelas semifinais da Copa do Brasil, provocou uma crise no Atlético-MG, que já se prepara para o segundo clássico com o Cruzeiro, domingo, no qual busca vaga na decis

Por | Edição do dia 27/04/2002 - Matéria atualizada em 27/04/2002 às 00h00

Belo Horizonte - A derrota por 3 a 0 para o Brasiliense em  pleno Mineirão, quarta-feira, pelas semifinais da Copa do Brasil, provocou uma crise no Atlético-MG, que já se prepara para o segundo clássico com o Cruzeiro, domingo, no qual busca vaga na decisão do torneio Sul-Minas. Ainda ontem, o presidente do Conselho Deliberativo do clube, Alexandre Kalil, voltou a dizer, revoltado, que um dos motivos do desastre diante da torcida teria sido a falta de união entre jogadores e comissão técnica. “Há algo de podre no reino da Dinamarca”, afirmou, citando Shakespeare. O treinador Levir Culpi reagiu e comentou a frase. “Neste jogo, quando fomos derrotados, os podres foram encontrados. Por que não antes?”, afirmou, também irritado. Para Levir, ele e os atletas não enfrentam problemas de relacionamento. “Tenho o grupo nas mãos”, garantiu. Os motivos da derrota para o Brasiliense, de acordo com ele, foram as ausências de atletas importantes na equipe mineira - Marques, Djair e Rodrigo estavam contundidos -, o excelente desempenho do adversário e a péssima apresentação dos atleticanos. O centroavante Guilherme, capitão do Alvinegro, também discordou do dirigente e garantiu que não há desunião no grupo. “Foi um momento nervoso dele”, afirmou. Para o confronto com o Cruzeiro, no qual só a vitória interessa aos dois clubes - o primeiro jogo terminou 1 a 1 -, Levir Culpi não sabe ainda se terá os três titulares ausentes na derrota para o Brasiliense. Marques e Djair, com problemas musculares, e Rodrigo, com uma entorse no joelho, ainda devem passam por exames clínicos momentos antes da partida.

Mais matérias
desta edição