app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5749
Esportes Mulher de 33 anos afirmou que foi agredida por Antony, após ter relação com ele

ANTONY SOFRE NOVA ACUSAÇÃO DE AGRESSÃO

Esse outro caso teria acontecido em outubro de 2022

Por Lance! | Edição do dia 09/09/2023 - Matéria atualizada em 09/09/2023 às 04h00

Investigado pelas polícias de Manchester e São Paulo após ter sido acusado de agressão e violência psicológica pela DJ Gabi Cavallin, Antony recebeu mais uma acusação. O caso teria acontecido em outubro de 2022. Durante entrevista concedida à "Record TV", a bancária Ingrid Lana, de 33 anos, afirmou foi agredida pelo atleta após ter relação com ele.

“Ele tentou ter relação comigo e eu não quis. Ele me empurrou contra a parede, e eu bati a cabeça”, disse ela.

Ingrid seria a terceira vítima a revelar agressões do jogador do Manchester United. Com um processo em andamento por agressão a Gabriela Cavallin, o atacante recebeu a segunda acusação na quinta-feira (7).

Rayssa de Freitas registrou um boletim de ocorrência e relatou que sofreu lesão corporal por agressão do atleta e por Mallu Ohana, ex-mulher de Dudu, do Palmeiras.

O caso ocorreu na saída de uma casa noturna em São Paulo. No boletim, Rayssa conta que, após o fim da balada, entrou no banco traseiro do carro dirigido por Antony. Ao lado dele, estava Mallu Ohana, com quem o jogador estava acompanhado naquela noite. O outro passageiro do carro era o cabeleireiro do atacante, conhecido como Rafael Cortes.

De acordo com Rayssa, ela e Mallu acabaram se desentendendo porque a estudante de Direito não queria "continuar a diversão", como descrito no B.O. Ainda segundo o documento, Mallu teria acusado Rayssa de estar muito embriagada e uma briga começou dentro do carro.

FORA DA SELEÇÃO

O jogador foi cortado recentemente, pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), da convocação da Seleção Brasileira, justamente por conta das investigações que vem sofrendo por agressão, violência sexual e psicológica.

Mais matérias
desta edição