app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5752
Esportes

Jogadores proibidos de tirar camisa para comemorar gol

Rio - Tirar a camisa para comemorar gols ou simplesmente levantá-la para cobrir o rosto, gesto comum a craques como Rivaldo, vai ser considerado um ato de indisciplina, a partir de 1o de julho, e o infrator será punido com cartão amarelo. Se já o houver r

Por | Edição do dia 01/05/2002 - Matéria atualizada em 01/05/2002 às 00h00

Rio - Tirar a camisa para comemorar gols ou simplesmente levantá-la para cobrir o rosto, gesto comum a craques como Rivaldo, vai ser considerado um ato de indisciplina, a partir de 1o de julho, e o infrator será punido com cartão amarelo. Se já o houver recebido, o atleta será expulso de campo. A determinação vai ser formalizada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), após o término dos campeonatos regionais e da Copa do Brasil. Vai ser cobrada com rigor no próximo Campeonato Brasileiro. A princípio, a medida foi motivo de confusão na CBF. A diretoria da entidade, por meio de um ato administrativo, resolveu dar validade à punição imediatamente. Mas o presidente da Comissão Nacional de Árbitros da CBF, Edson Oliveira, disse que a medida não poderia ser aplicada ainda, senão acabaria ferindo documento da Fifa. “A Fifa tem  uma norma sobre o assunto, que  vai vigorar a partir de 1o de julho, então a CBF não pode se antecipar”, disse. A exceção à regra será o jogador levantar a camisa do uniforme e mostrar outra de uma mesma cor, sem nenhuma mensagem e nenhum desenho. “Este caso será permitido”, prosseguiu Oliveira. Ele só ficará no cargo até amanhã, quando reassumirá a comissão Armando Marques, que havia sido suspenso por uma comissão disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, acusado de coagir um árbitro a alterar a súmula de um jogo. Em segunda instância, Marques foi absolvido. Copa dos Campeões A direção da CBF definiu as sedes da Copa dos Campeões, que vai ser disputada de 3 de julho a 4 ou 7 de agosto de 2002. São elas, as cidades de Belém, Natal, Teresina e São Luís. O campeão da Copa dos Campeões terá garantida uma vaga na Copa Libertadores da América, em 2003. No ano passado, o Flamengo ficou com o título, superando o São Paulo.

Mais matérias
desta edição