app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Esportes Com passagens por Avaí e CRB, atacante Rômulo chega para ser opção ao setor ofensivo azulino

Rômulo deixa o Galo e fecha com o CSA para 2024

Aos 28 anos, jogador seguirá morando em Maceió no próximo ano

Por Guilherme Nobre e Pedro Ferreira | Edição do dia 21/12/2023 - Matéria atualizada em 21/12/2023 às 04h00

A relação do atacante Rômulo e CRB chegou ao fim. Porém, o jogador não vai para muito longe. Na manhã dessa quarta-feira (20), foi oficializado como novo reforço do maior rival: o CSA.

O Azulão anunciou a contratação às pressas. O time já estava em busca de mais um atacante e encontrou no atleta de 28 anos uma oportunidade de mercado.

Antes do acerto, havia a possibilidade de Rômulo ter continuidade no Galo. Entretanto, a diretoria regatiana optou por não renovar com o jogador, que não teve constância na equipe de Daniel Paulista em 2023.

Só nesta temporada, Rômulo atuou em 25 partidas, mas a maioria delas ficou no banco de reservas. O atacante marcou dois gols com a camisa alvirrubra e deu três assistências.

Antes disso, passou oito temporadas no Avaí. Em 2019 e em 2021, jogou no futebol dos Emirados Árabes, com as camisas do Al-Dhafra e Al-Ittihad, respectivamente.

Será a primeira vez na carreira que Rômulo disputará a Série C do Campeonato Brasileiro. Entre suas características está a polivalência no ataque, já que pode atuar tanto nas pontas, quanto improvisado como centroavante.

APRESENTADOS

Ainda na tarde dessa quarta-feira (20), no CT Gustavo Paiva, mais três jogadores foram oficialmente apresentados pela diretoria do CSA. O zagueiro Jean Pierre, o lateral Ricardo Sena e o atacante Marquinhos vestiram o manto azulino e conversaram com a imprensa.

O primeiro atleta a falar foi o lateral Ricardo Sena, que apontou a experiência de ter trabalhado anteriormente com o treinador Rogério Corrêa.
"Facilita muito, né? Não só ter trabalhado com ele no Volta Redonda, mas também em outros lugares. Sabemos que a Série C é muito difícil, mas estamos formando um grupo de atletas vencedores, e em busca de começar o ano com o pé direito".

* Sob supervisão da editoria de Esportes.

Mais matérias
desta edição